PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

SBT divulga nota interna para justificar encontro de Silvio com Bolsonaro

Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

16/12/2020 18h49

A diretoria de Recursos Humanos do SBT fez circular na tarde desta quarta-feira (16) uma nota assinada por Silvio Santos na qual o dono da emissora justifica o encontro com o presidente Jair Bolsonaro ocorrido na noite de terça (17).

A nota informa:

"A minha concessão de televisão pertence ao governo federal e eu jamais me colocaria contra qualquer decisão do meu 'patrão' que é o dono da minha concessão. Nunca acreditei que um empregado ficasse contra o dono, ou ele aceita a opinião do chefe, ou então arranja outro emprego"

Silvio Santos selo - Divulgação - Divulgação
Selo dos Correios em homenagem aos 90 anos de Silvio Santos
Imagem: Divulgação

Silvio recebeu Bolsonaro em sua casa junto com o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, e o ministro das Comunicações, Fabio Faria, que é também seu genro. Os três foram entregar ao dono do SBT o selo comemorativo lançado por ocasião dos seus 90 anos.

Questionado sobre a razão desta nota, o SBT disse que "não comenta assuntos internos". Especula-se que Silvio tenha sido informado que funcionários o criticaram por ter recebido Bolsonaro - ambos sem máscara, diga-se.

O teor desta nota é o mesmo de uma enviada por Silvio à "Veja" em abril deste ano. Na ocasião, uma nota na revista informou que Silvio teria indicado a Bolsonaro o nome do médico Cláudio Lottenberg para substituir Luiz Henrique Mandetta, no Ministério da Saúde. Ele negou e mandou esta mensagem.

"Eu simpatizo como você, por que não sei!"

Um vídeo divulgado pelo ministro Fabio Faria (veja acima) nesta quarta-feira mostra o momento em que Silvio agradece a Bolsonaro a homenagem recebida e elogia o presidente. "Só espero que você não mude nada. Continue assim como você está. Não precisa fazer discurso nem nada. O povo gosta de você como você é."

Silvio prossegue falando sobre carisma: "É um jeito. Igual a mim. O pessoal fala 'Silvio Santos tem carisma'. O que é carisma? Não sei. Não aprende na escola. É inexplicável. Como você. O pessoal gosta do Bolsonaro da maneira que ele é".

E encerra com mais um elogio: "Eu simpatizo como você, por que não sei!"