PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Homenageado por Mion na Fazenda, ET Bilu causou constrangimento à Record

A Fazenda 2020: Marcos Mion no programa do dia 26/11 - Reprodução/PlayPlus
A Fazenda 2020: Marcos Mion no programa do dia 26/11 Imagem: Reprodução/PlayPlus
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

27/11/2020 01h30

Em seu sempre divertido e desconexo anúncio da eliminação da semana na "Fazenda", Marcos Mion citou vários filósofos, começando por Kant, passando por Sartre e Foucault e terminando em Bilu, o ET de Corguinho (MS).

"Busquem conhecimento", recomendou o apresentador do reality show a Raíssa, Lidi e Mariano, ecoando as palavras que Bilu transmitiu a uma equipe da Record que foi entrevistá-lo em outubro de 2010.

Bilu - Reprodução/Blog/thenightsky - Reprodução/Blog/thenightsky
Imagem exibida em uma das reportagens sobre o ET Bilu
Imagem: Reprodução/Blog/thenightsky

O jornalista do "Domingo Espetacular" que, naquela ocasião, afirmou ter avistado Bilu entre arbustos perguntou: "Qual é a sua mensagem para a Terra?". Em bom português o ET respondeu: "Apenas que busquem conhecimento".

Este momento ridículo não foi exclusividade da Record. Bilu foi uma grande atração da TV brasileira entre outubro e novembro de 2010. SBT, Band e RedeTV! também tentaram tirar uma casquinha do fenômeno extraterrestre - e todo mundo fez um papelão.

Misturando ceticismo com "jornalismo investigativo", todos tentaram manter algum distanciamento do extraterrestre, creditando as crenças e maluquices aos próprios membros da comunidade que abrigava Bilu, mas acabaram fazendo enorme propaganda do lugar.

A menção de Mion a Bilu ajudou a lembrar de um momento cômico e bizarro vivido pela televisão brasileira, em especial a Record, em busca de audiência.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL