PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Cada vez mais inspirado, Mion mostra que é maior que "A Fazenda"

A Fazenda 2020: Marcos Mion riu do jeito escorregadio de Stéfani: "Quando for descer do muro, cuidado para não torcer o pé". - Reprodução/Playplus
A Fazenda 2020: Marcos Mion riu do jeito escorregadio de Stéfani: "Quando for descer do muro, cuidado para não torcer o pé". Imagem: Reprodução/Playplus
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

20/11/2020 01h14

A eliminada da noite foi MC Mirella, a Cruela Cruel da "Fazenda", mas a personagem da noite foi Stéfanie Bays. A maquiadora ouviu poucas e boas do apresentador Marcos Mion após se recusar a dizer quem não deveria vencer o reality show.

A pergunta era simples. Quem você não gostaria que ganhasse o programa? Mateus e Mirella responderam sem dificuldades. Lidi, disse ele. Jake, disse ela. Mas Stéfanie não conseguiu responder. Enrolou, enrolou, enrolou. "Não tem alguém que eu olhe e fale: não quero que vença o programa".

Irritado, como todo mundo, o apresentador desabafou: "Você vai dar uma sabonetada deste tamanho?", ironizou Mion. E emendou: "Quando for descer do muro, cuidado para não torcer o pé".

Preparando-se para anunciar o eliminado da noite, sem dizer que era Mirella, Mion fez mais um discurso desconexo, mas divertidíssimo, em que pareceu descrever o Tio Patinhas, mas na verdade se referia a Silvio Santos: "Ele dividiu com o próximo a riqueza e passou a gritar no palco: quem quer dinheiro?"

Não me pergunte o que essa conversa teve a ver com Mirella, mas foi engraçada.

Esta é, de longe, a melhor temporada de Mion na "Fazenda". Está animado, feliz, à vontade, curtindo a interação com o público e rindo com (e dos) participantes.

Não bastasse o ótimo desempenho, Mion ainda deve estar faturando horrores com a fila de anunciantes em Itapecerica da Serra pedindo ações de merchandising protagonizadas pelo apresentador. Elas tiram o ritmo do programa, mas fazer o quê? Vão garantir um próspero Natal para muitos.

Mesmo atrapalhado pelo excesso de texto que ainda o fazem ler e pelos erros da direção, como o que o obrigou esta semana a dizer que uma mudança abrupta de regra foi um "erro de informação", Mion está brilhando muito na "Fazenda". Diria até que se mostra maior que o próprio reality.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL