PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Record ignora pesquisa que pediu e exibe outra mais favorável a Crivella

Christina Lemos e Celso Freitas apresentam o "Jornal da Record" na véspera da eleição municipal  - Reprodução
Christina Lemos e Celso Freitas apresentam o "Jornal da Record" na véspera da eleição municipal Imagem: Reprodução
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

14/11/2020 21h24

Às vésperas das eleições municipais, o "Jornal da Record" deste sábado (14) apresentou os resultados de quatro pesquisas eleitorais que encomendou ao instituto Real Time Big Data em São Paulo, Goiânia, Belém e Palmas. Mas não mostrou os dados de outra, que também contratou, no Rio.

Todas as cinco pesquisas do Real Time Big Data foram feitas nos dias 11 e 12 de novembro e consolidadas no dia 13. O site da Record divulgou os números na sexta-feira (13), às 22h18.

A pesquisa no Rio, não divulgada pelo JR, trouxe o candidato Eduardo Paes (DEM) com 33% as intenções de votos, e o atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos), e a delegada Martha Rocha (PDT) empatados na segunda posição com 15% cada.

Mais perto do final do telejornal, num bloco diferente do que exibiu as pesquisas em São Paulo, Goiânia, Belém e Palmas, o JR optou por apresentar os dados da Datafolha para o Rio, mais favoráveis ao candidato Crivella.

A pesquisa feita por encomenda para a Folha e a Globo mostra Paes com 40% das intenções de votos, seguida pelo prefeito com 18% e Martha Rocha com 13%. A apuração foi feita nos dias 13 e 14.

Crivella, como se sabe, é sobrinho de Edir Macedo, fundador e líder da Igreja Universal e proprietário da Record.

Após exibir o Datafolha referente ao Rio, o JR também apresentou os números do instituto para São Paulo.

Na pesquisa do Real Time Big Data, exibida antes pelo telejornal, Bruno Covas (PSDB) aparece com 33%, Márcio França (PSB) tem 14% e Celso Russomanno (Republicanos) e Guilherme Boulos (PSOL) estão com 13%. No Datafolha, Covas lidera com 37%, seguido por Boulos (17%), França (14%) e Russomanno (13%).

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL