PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Duas razões para a Globo desistir da surpresa e antecipar como será o BBB21

Boninho comentou sobre "BBB 21" no Instagram - Reprodução/Instagram @jbboninho
Boninho comentou sobre "BBB 21" no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram @jbboninho
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

24/10/2020 06h01

O diretor Boninho, da Globo, anunciou na sexta-feira (23) que a próxima edição do "BBB" repetirá o modelo da mais recente, no qual anônimos dividiram a casa com convidados conhecidos - celebridades das redes sociais, em sua maioria. Vai ser a volta da "Pipoca" contra o "Camarote".

Boninho também adiantou que o "BBB 21" será a edição mais longa da história, com duração de 100 dias.

O anúncio foi feito durante um evento para o mercado publicitário no qual diferentes executivos destacaram os investimentos da Globo para 2021 nas áreas de entretenimento e esporte.

O mercado aguardava informações sobre os pacotes comerciais e de patrocínio do "BBB 21", não detalhes sobre como será o confinamento. Por que, inesperadamente, Boninho divulgou novidades sobre um programa cujo maior trunfo sempre foi o segredo e a surpresa?

Num momento econômico ruim como o atual, o objetivo deste anúncio antecipado parece ser o de tentar atrair o apoio de patrocinadores ainda em dúvida em investir no programa. A mensagem de que o reality vai repetir uma fórmula muito bem-sucedida é uma promessa que o investimento publicitário será uma aposta com menos riscos.

Em um vídeo no Instagram, o diretor sublinhou o fato: "A gente vai apostar no que já funcionou", disse Boninho, se referindo à edição passada.

No comunicado que soltou no meio da tarde, a Globo não deixou de observar que é meio cedo para falar do próximo "BBB": "Sim, estamos em outubro, mas a expectativa para o 'BBB 21' é tão grande que já temos uma confirmação: o time que fará parte da próxima edição do 'Big Brother Brasil' será composto novamente por inscritos e convidados".

O "BBB 21" tem previsão de estreia para a segunda quinzena de janeiro de 2021, daqui a três meses. Outra razão para promover o reality da Globo com tanta antecedência pode ser o sucesso de "A Fazenda 12".

Lançada no início de setembro, a mais recente edição do reality da Record ficará no ar até a primeira quinzena de dezembro. Após uma série de edições que não empolgaram, a atual produziu um impacto em matéria de audiência que a emissora não registrava desde 2010.

Além dos bons números no Ibope, o programa tem avançado numa área em que o "BBB" é rei - o engajamento do público nas votações. A mais recente roça, que eliminou Luiza Ambiel, alcançou cerca de 800 milhões de votos, segundo a emissora.

Foi o maior número na história da "Fazenda" e ficou atrás apenas de um paredão histórico do "BBB 20", entre Manu Gavassi e Felipe Prior, que ultrapassou a marca de 1,5 bilhão de votos.

Com o patrocínio de um aplicativo bem-sucedido, o Tik Tok, "A Fazenda 12" também está fazendo a alegria de quem mede o engajamento nas redes sociais, uma métrica cada vez mais importante nos negócios da televisão.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL