PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

À espera da "Dança dos Famosos", Faustão se vira nos VTs frios e antigos

Faustão no domingo em que voltou ao estúdio  - Reprodução/Globo
Faustão no domingo em que voltou ao estúdio Imagem: Reprodução/Globo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

30/08/2020 20h35

O segundo "Domingão do Faustão" gravado no estúdio, após uma longa temporada feito em casa, por causa da pandemia de coronavírus, foi tão decepcionante quanto o primeiro.

Para se ter uma ideia de como está difícil a adaptação aos novos tempos, a principal atração do programa hoje foi o anúncio de seis dos 12 participantes da próxima "Dança dos Famosos". A outra metade do elenco, que ainda não estava fechada, deve ser anunciada no próximo domingo.

Outra atração foi uma conversa de 10 minutos com a ex-BBB Manu Gavassi, que está promovendo um novo trabalho musical. Faustão encheu a convidada de elogios, chegando a dizer que ela tem os atributos necessários para ser uma apresentadora. "Tem voz, tem dicção, tem rapidez de raciocínio", disse.

No mais, tirando estes 25 minutos, o "Domingão" se resumiu a exibir vídeos frios ou antigos. Primeiro, uma série sobre animais selvagens vivendo em ambientes domésticos. Depois, o quadro "Se vira no mundo", com imagens impressionantes, do tipo que Silvio Santos adora.

Na sequência, uma "parada do bregão", com VTs de números musicais de Wando, Gretchen, Sidney Magal e Gaby Amarantos. E, por fim, o bloco mais longo, com 30 minutos de videocassetadas.

Na companhia de algumas dançarinas mascaradas, Faustão vai se virando nos VTs gravados à espera de um dos seus quadros mais populares, com previsão de estreia em setembro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL