PUBLICIDADE
Topo

Serviço de vídeo sob demanda gratuito, mas com publicidade, chega ao Brasil

O drama sobrenatural "Haven" é uma das atrações do catálogo da Vix, serviço de streaming gratuito - Reprodução
O drama sobrenatural "Haven" é uma das atrações do catálogo da Vix, serviço de streaming gratuito Imagem: Reprodução
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

14/08/2020 05h01

Promovida como "a primeira plataforma de vídeo 'on demand' gratuita" do Brasil, a Vix Cine e TV está sendo lançada oficialmente nesta sexta-feira (14). Trata-se de uma empresa americana que aposta num modelo de negócios baseado em publicidade - blocos de dois minutos de comerciais a cada 12 minutos de filme ou série.

O catálogo inicial do serviço, ainda modesto, conta com cerca de 1.500 horas de conteúdo em português. Entre os destaques estão as séries "Bitten", "Gracepoint" e "Haven" e os filmes "Vingança Tardia", com Jodie Foster, "Marco Zero", com Elijah Wood, e "A Obsessão", com Dennis Hopper.

Um acordo com a O2 Play garantiu ao serviço vários filmes do cineasta Ugo Giorgetti, como "Boleiros" 1 e 2, "O Príncipe", "Sábado" e "Cara ou Coroa". Há a promessa de em breve contar também com produções dedicadas ao público infantil, como "Galinha Pintadinha" e "Palavra Cantada".

A versão original do serviço, em espanhol, foi lançada em outubro de 2019 nos Estados Unidos e em países da América Latina. É um catálogo bem maior, com cerca de 20 mil horas de conteúdo. O sucesso nos últimos meses, em função da pandemia de coronavírus, levou a empresa a acelerar os planos de lançamento no Brasil.

O serviço não tem planos de cobrar pelo conteúdo e não exige qualquer tipo de cadastro para os usuários. O aplicativo está disponível em lojas virtuais, em plataformas de streaming e na web.

Enor Paiano, gerente nacional da Vix no Brasil, enxerga grande potencial do modelo gratuito de vídeo on demand. Segundo ele, a América Latina é a única região do mundo em que o Spotify, serviço de streaming de música, tem mais usuários gratuitos do que assinantes.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL