PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Âncora interrompe defensor de cloroquina e chama médico. Na CNN americana

Brianna Keilar, âncora da CNN americana interrompe Tim Murtaugh, assessor de Trump, após ele defender a cloroquina - Reprodução
Brianna Keilar, âncora da CNN americana interrompe Tim Murtaugh, assessor de Trump, após ele defender a cloroquina Imagem: Reprodução
só para assinantes
Mauricio Stycer

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o "Lance!" e a "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Adeus, Controle Remoto" (editora Arquipélago, 2016), "História do Lance! ? Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo? (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011). Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Colunista do UOL

21/07/2020 17h41

Brianna Keilar, âncora do programa "CNN Right Now", estava entrevistando nesta terça-feira (21) um assessor do presidente Donald Trump, Tim Murtaugh, quando ele começou a defender o uso da hidroxicloroquina. A jornalista o interrompeu e disse: "Você está prestando um desserviço real aos americanos."

A âncora observou: "Se você vai dizer que este é um bom tratamento quando médicos já disseram que não é, e estudos foram cancelados"...

O assessor de Trump seguiu insistindo que a cloroquina é uma opção no tratamento da covid-19, levando a jornalista a interrompê-lo novamente e dizer: "Nossa conversa acabou. Acho que você está realmente confundindo a situação, o que não ajuda a saúde de ninguém. Obrigado".

Ela, então, chamou imediatamente um médico para falar do assunto. "Trazer alguma luz sobre a hidroxicloroquina", disse.