PUBLICIDADE
Topo

SBT vende seis cotas de patrocínio para transmissão do Fla-Flu

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

15/07/2020 11h31Atualizada em 15/07/2020 17h16

A transmissão da final do Campeonato Carioca pelo SBT despertou interesse comercial. Ao menos seis marcas acertaram a compra de cotas de patrocínio para a partida entre Flamengo e Fluminense, que será exibida nesta quarta-feira (15), às 21h.

Segundo a coluna foi informada, o SBT vendeu cotas para Havan, PicPay, Hypera Pharma (Miorrelax), Ambev (cerveja Brahma Duplo Malte) e Unilever (shampoo Clear). E após a publicação deste texto, a emissora confirmou ter fechado uma sexta e última cota, com a Estácio.

A emissora não confirma a informação divulgada de que o valor de cada cota seria de R$ 7,9 milhões. Nem que a meta de faturamento com o jogo seria de R$ 40 milhões.

Além das seis cotas nacionais, o SBT autorizou as afiliadas a venderem uma cota local.

Assim, a transmissão deve ter um intervalo comercial de ao menos três minutos de duração.

O Fla-Flu no SBT terá narração de Teo José, cedido pela Fox Sports, com comentários dos ex-jogadores Carlos Alberto e Athirson.

A transmissão do canal começa às 20h45. Por causa do jogo, não haverá exibição nesta quarta-feira de "Roda a Roda", "Chiquititas", "Cúmplices de Um Resgate" e "Jogo das Fichas".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL