PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Com suspeita de coronavírus, Mari Palma é afastada da CNN; Siani também sai

Mari Palma e Phelipe Siani com Douglas Tavolaro ao acertarem a ida para a CNN Brasil  - Divulgação/ CNN Brasil
Mari Palma e Phelipe Siani com Douglas Tavolaro ao acertarem a ida para a CNN Brasil Imagem: Divulgação/ CNN Brasil
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

30/03/2020 09h47

Os apresentadores Mari Palma, com suspeita de coronavírus, e Phelipe Siani foram afastados do comando do programa "Live CNN". Segundo a CNN Brasil, Mari sentiu sintomas de gripe na noite da última sexta-feira (27) e, após consulta com os médicos, concluiu-se diagnóstico suspeito de covid-19.

Siani, embora não tenha sentido nenhum sintoma, também está em quarentena por conviver com Mari.

O casal será substituído pelo apresentador Diego Sarza, da CNN Rio, e por Elisa Weeck, âncora do telejornal "Newsroom". Durante o período de quarentena, Mari e Siani farão participações especiais no programa, ao vivo, direto de casa, em São Paulo.

Exibido de segunda a sexta, entre 10h e 13h, o "Live CNN" está registrando alguns bons resultados de audiência. Na última quinta-feira (26), liderou a audiência entre os canais de notícias na Grande São Paulo, segundo dados consolidados do Kantar Ibope Media. O programa marcou média de 1,0 ponto contra 0,8 da Globo News no horário. Band News marcou 0,1 e Record News, traço.

O canal informa, ainda, que neste momento conta com cerca de 40% de seus profissionais em home office e segue com ações de prevenção para evitar a propagação da doença nas dependências da empresa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL