PUBLICIDADE
Topo

Marcelle Carvalho

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

'Um Lugar ao Sol': Bárbara leu a cartilha de Christian e virou uma farsa

Bárbara se faz passar por escritora talentosa: mentira sustentada com muito dinheiro - reprodução
Bárbara se faz passar por escritora talentosa: mentira sustentada com muito dinheiro Imagem: reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes
Marcelle Carvalho

Marcelle Carvalho é jornalista que cobre, há duas décadas, o universo da televisão. Suas maiores paixões são novelas e séries, que serão abordadas aqui a partir da visão de quem vê e de quem faz.

Colunista do UOL

09/12/2021 04h00

Se a gente der uma olhada mais minuciosa nos passos de Bárbara (Alinne Moraes), atualmente, em "Um Lugar ao Sol", vamos perceber que ela não é tão diferente de Christian (Cauã Reymond). Os dois se aproveitaram de situações para se passar por quem não são. O gêmeo pobre, castigado pela vida ingrata, viu na morte do irmão rico a oportunidade de assumir a identidade e tudo que pertencia a ele. A pobre menina rica, sem competência para muita coisa, finge ser uma escritora talentosa, desde que o marido achou que ela tinha escrito um poético texto sobre a perda do filho deles. E os dois seguem com suas farsas e já sentem o peso das mentiras.

Christian/Renato já percebeu que as benesses de uma vida luxuosa, sem aperto e humilhações, são menores do que os problemas que surgiram a partir do momento em que vestiu a pele do irmão morto. Com isso, ele passa capítulo após capítulo tentando equilibrar pratos, saindo de situações comprometedoras, vivendo na defensiva. Está com uma adaga permanente sobre a cabeça.

Bárbara está na mesma. Não desfez a confusão sobre a autoria do texto e agora tem que rebolar com desculpas esfarrapadas para não ter o segredo descoberto. E vai pagar caro, muito caro para manter a mentira. Ainda mais quando Janine (Indira Nascimento), a verdadeira autora, souber que seu conto foi inscrito em um concurso literário, porém, a vencedora foi Bárbara. A filha de Santiago (José de Abreu) chegará ao ponto de pagar pelo silêncio da moça, que só aceitará porque perderá tudo em uma enchente.

Marido e mulher estão cada vez mais enrolados em seus erros, que fica quase impossível voltar atrás. Aliás, quando se toma a vida, o talento de alguém para si, como faz para desfazer o malfeito sem causar danos?

Olhando as situações, a gente percebe a sutileza nos imbróglios. Christian usurpou a vida de um homem rico. Bárbara roubou o talento de uma mulher pobre. Sem saber, os dois estão juntos em uma corda bamba e, lá embaixo, o abismo é imenso. O gêmeo pobre, se descoberto, pode ir para cadeia. A menina rica, se descoberta, será desmoralizada, o que para ela é o mesmo que estar presa na vergonha eterna. Será a constatação de que não tem vocação para nada mesmo.

A duras penas, o casal está descobrindo que nem todo o dinheiro do mundo pode comprar o mais importante na vida de uma pessoa: a paz de espírito.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL