PUBLICIDADE
Topo

Marcelle Carvalho

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

'Um Lugar ao Sol': 'Deveríamos frequentar reuniões do AA', diz Denise Fraga

Denise Fraga sobre Júlia: "O vício tirou dela as coisas preciosas da vida, como a proximidade do filho" - Fábio Rocha/TV Globo/Divulgação
Denise Fraga sobre Júlia: 'O vício tirou dela as coisas preciosas da vida, como a proximidade do filho' Imagem: Fábio Rocha/TV Globo/Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Marcelle Carvalho

Marcelle Carvalho é jornalista que cobre, há duas décadas, o universo da televisão. Suas maiores paixões são novelas e séries, que serão abordadas aqui a partir da visão de quem vê e de quem faz.

Colunista do UOL

30/11/2021 04h00

Na próxima semana, vai chegar a "Um Lugar ao Sol" mais uma artista que há anos está ausente das novelas: Denise Fraga. Figura fácil no teatro e cinema, a atriz é uma raridade nos folhetins. Faz 25 anos que ela não atua em uma trama inteira. Natural que os apreciadores de seu trabalho estejam curiosos para vê-la de novo no gênero. Principalmente, porque Denise, tão associada à comédia na TV, estará trabalhada no drama na pele de Júlia, uma alcoólatra na batalha para permanecer limpa.

Fui a algumas reuniões do AA (Alcoólicos Anônimos) e fico pensando que todos nós deveríamos frequentar reuniões que eles promovem. Porque estamos cheios de vícios que não conseguimos deixar

Não é fácil lidar com o alcoolismo. Tanto para quem sofre da doença quanto para quem convive com adicto. Em maior ou menor escala é uma situação muito presente em nossas vidas. Quem não tem (ou teve) um parente, um amigo, quiçá conhecido sofrendo com esta doença?

Essa personagem é muito reconhecível para mim. Tinha um amigo que ajudava. Todo mundo tem um amigo e deu a mão. A adição, hoje, é uma coisa que permeia nossa vida. Estamos sendo tão estimulados pelo mundo, em alta voltagem, não temos mais como falar de vício de drogas e álcool. Estamos mergulhados em vidas que gostaríamos que fossem diferentes. O incrível da novela é as pessoas conhecerem o trabalho do AA

Tragédia melancólica com humor

O olhar sensível de Lícia Manzo ao entregar o drama do alcoolismo a Denise torna o retorno da atriz ainda mais especial. E, segundo a artista, as duas já se "paqueravam" há algum tempo na esperança de trabalharem juntas.

Lícia e eu tínhamos um namoro de longa data e que agora deu certo. Na verdade, os convites para novelas sempre chegaram, mas com as temporadas de teatro e as gravações dos filmes, eu nunca conseguia conciliar. Ainda bem que deu certo e com essa turma

novela 21h - reprodução - reprodução
Felipe e Júlia: uma relação bem complicada em 'Um Lugar ao Sol'
Imagem: reprodução

Na trama, Júlia sofre com a dependência do álcool há muito tempo, o que fez com que sua vida e carreira de cantora desmoronassem. Ela não tem a confiança da mãe, Ana Virgínia (Regina Braga), e nem a presença do filho, Felipe (Gabriel Leone). Mesmo assim, ela luta para se manter sóbria e resgatar o que perdeu.

O vício tirou dela as coisas preciosas da vida, como a proximidade do filho. O que eu acho bonito é essa relação que a personagem tem com a arte, a música. Júlia acredita que, aos 50 e tantos anos, ela vai dar certo. Tem essa crença, esse otimismo", analisa Denise.

Mas não será fundo do poço o tempo inteiro. Até porque a cantora carrega seus dramas, mas sem perder a alegria:

Ela tenta manter um otimismo trágico, manter a alegria. Então, acaba que se enfia em todo o tipo de mancadas. Júlia tem humor, tem tudo junto. Uma tragédia melancólica cheia de humor."