PUBLICIDADE
Topo

Luciana Bugni

Chamou Arrascaeta: Anitta "importa" homem que acha interessante e incomoda

Conteúdo exclusivo para assinantes
Luciana Bugni

Luciana Bugni é gerente de conteúdo digital dos canais de lifestyle da Discovery. Jornalista, já trabalhou na "Revista AnaMaria", no "Diário do Grande ABC", no "Agora São Paulo", na "Contigo!" e em "Universa", aqui no UOL. Mora também no Instagram: @lubugni

Colunista do UOL

30/11/2021 04h00

O assunto é sempre Anitta. Na semana passada, era porque a cantora tinha comentado numa postagem do Instagram perguntando quem era o rapaz da foto: era o jogador uruguaio Arrascaeta, que joga no Flamengo. No post público, ela perguntava se ele era solteiro.

No domingo (28), alguém postou uma foto do rapaz na casa de Anitta, no Rio. Ela não comentou o assunto, nem ele, mas uma das páginas de seus fã-clubes postou uma montagem das fotos dos dois com a música 7 rings, de Ariana Grande. A letra diz "I see it, I like it, I want it, I got it (yeah)", algo como "Eu vejo, eu gosto, eu quero e eu consigo". Poder não é para todo mundo, não.

Não é a primeira vez que Anitta "manda importar" os caras por quem se interessa. O bailerino Ayoub, de Marrocos, chamou a atenção da Girl From Rio no TikTok. Ela afirmou sem pudores que quando achou que ele era interessante chamou o dançarino para gravar com ela o clipe de Envolver. "Sempre que eu quero transar com alguém eu chamo para gravar meus clipes", ela disse.

Ratinho, o apresentador brasileiro, se incomodou com a atitude. Afirmou que ela tinha que dar o exemplo. Ela rebateu. Segurança da mulher incomoda mesmo os caras. Sem encontrar os pontos frágeis para atacá-la, saem apenas falando mal. Em vão. Mulheres como Anitta não dão a mínima para esse tipo de crítica.

Boleiro manda buscar mulher faz tempo

O comportamento não foi certamente inventado por Anitta. São conhecidas as histórias em que jogadores de futebol mandam buscar em qualquer parte do mundo a mulher que querem. E dá-lhe jatinho fretado. Como a atitude é consensual, não há o que criticar.

A mulher pode escolher entrar num avião a convite de um jogador poderoso, certo? Integrantes de bandas de rock fazem isso faz tempo. Então por que Anitta não pode mandar buscar quem achar interessante também?

No sábado (27), a cantora fez uma festa em sua casa. Os fofoqueiros garantem que ela ficou com o ator da Globo Bruno Montaleone. No dia seguinte, lá estava Arrascaeta na mansão — dessa vez importado mesmo do Uruguai, onde havia jogado a final da Libertadores no dia anterior. Não dá para afirmar que ela efetivamente ficou com ele, mas quem se importa com esse detalhe?

Taí, isso que é subverter a ordem: tal qual um atacante milionário, Anitta vê, gosta, quer e consegue. E dessa vez ela queria um dos meias mais conhecidos do futebol brasileiro. Para desespero de quem fala mal da cantora, ninguém tem nada a ver com isso.

Você pode discordar de mim no Instagram.