Topo
REPORTAGEM

Justiça determina que Belo e Gracyanne paguem suposta dívida com hospital

Belo e Gracyanne Barbosa foram condenados a pagar dívida com hospital Imagem: REGINALDO TEIXEIRA / RT FOTOGRAFIA
Lucas Pasin

Colunista do UOL

24/05/2022 10h44Atualizada em 24/05/2022 21h22

A Justiça de São Paulo condenou, no dia 16 de maio, Belo e Gracyanne Barbosa por uma dívida com o Hospital São Camilo Ipiranga, no valor de R$ 2.959,22. A decisão de 1ª instância, assinada pelo juiz Álvaro Luiz Valery Mirra, possibilita que o casal recorra.

Além de julgar procedente a ação de cobrança aberta pelo hospital em 2020, o juiz condenou o casal ao pagamento dos custos e despesas do processo e honorários advocatícios, determinado em 10% sobre o valor da condenação.

A informação sobre a condenação foi publicada em primeira mão pela colunista Fábia Oliveira.

Procurada pela coluna para comentar o assunto, Gracyanne Barbosa argumentou que o valor já havia sido pago em 2020 e enviou documentos que mostram um depósito ao Tribunal de Justiça.

O advogado de Gracyanne e Belo, Dr. Marcelo Passos, enviou à coluna, por volta das 21h de hoje, um recurso que foi apresentado à Justiça hoje como embargos de declaração, com intenção de sanar contradições, omissões e obscuridades na sentença. No recurso, o advogado alega e mostra documentos que provam que o casal já quitou a dívida dois anos antes de serem citados.

A Justiça de São Paulo tentou por mais de um ano citar Belo e Gracyanne pela dívida. O primeiro pedido de carta de citação da Justiça ocorreu em setembro de 2020. Nele, o juiz Álvaro Mirra especificou que a ausência de contestação implicaria revelia e presunção da veracidade das alegações do hospital no processo.

O hospital diz que tentou várias vezes receber a quantia de forma amigável, mas os esforços não deram resultado, restando como única saída procurar a Justiça.

Segundo a administração do São Camilo, Belo firmou um contrato de prestação de serviços, para intervenção clínica e hospitalização de Gracyanne, em dezembro de 2018. As despesas do tratamento médico foram de R$ 2,5 mil, mas, apesar de o hospital ter honrado com suas obrigações, o casal não cumpriu com o pagamento devido.

O hospital também foi procurado para comentar a questão, mas não se manifestou.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça determina que Belo e Gracyanne paguem suposta dívida com hospital - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Lucas Pasin