PUBLICIDADE
Topo

Lucas Pasin

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Michelle Barros tentou migrar para o entretenimento antes de deixar a Globo

Michelle Barros queria o entretenimento e não teve pedido realizado na Globo - Reprodução/Instagram
Michelle Barros queria o entretenimento e não teve pedido realizado na Globo Imagem: Reprodução/Instagram
Lucas Pasin

Jornalista há 14 anos, Lucas Pasin já experimentou as mais diversas áreas da profissão. Da rotina em redação aos releases de uma assessoria de imprensa, passando pelo marketing digital e comunicação corporativa. Mas, sem dúvida alguma, foi na cobertura do universo dos famosos que encontrou a maior curiosidade, e talvez, por isso, o maior reconhecimento profissional.

Colunista do UOL

16/05/2022 04h00

Michelle Barros, 42 anos, anunciou que pediu demissão da Globo na última quinta-feira. Não foi de uma hora para a outra que a jornalista, integrante do time de apresentadores dos jornais locais de São Paulo, tomou a decisão de deixar a emissora após 12 anos. Ela já vinha sinalizando o desejo de novas oportunidades dentro do canal de televisão, e não conseguiu o espaço desejado.

A coluna descobriu que Michelle teve conversas com a direção de jornalismo e destacou o desejo de migrar para o entretenimento, mesmo caminho trilhado por outros profissionais, como Fátima Bernardes e, mais recente, Maria Beltrão, que deixará a GloboNews para comandar o "É De Casa" aos sábados.

Com a dança de cadeiras na Globo, a jornalista esperou uma oportunidade que não lhe foi dada. Sua última esperança aconteceu quando foi novamente escalada para apresentar, ao lado de Chico Pinheiro - que também deixou a emissora recentemente - os desfiles das escolas de samba de São Paulo. A jornalista acreditava ser uma nova porta se abrindo para o entretenimento, mas percebeu que nada mudaria.

Michelle já apresentava um jeito mais despojado no trabalho, algo que ela acreditava combinar com apresentadores do entretenimento. A jornalista tinha também um forte apelo do público, que brincava apontando semelhanças com a cantora Cher. Nada disso ajudou a profissional a alcançar seu desejo.

Procurada pela coluna, Michelle confirmou as conversas internas antes da decisão de sair da emissora:

O entretenimento é um caminho que quero trilhar. Cheguei a conversar sobre internamente. Mas há muitos talentos e há momentos. Quero fazer programas com convidados, entrevistas, interação, leveza.

Em entrevista a Splash, Michelle contou que deixa a TV para focar na internet. Ela planeja produzir conteúdo para as redes sociais e podcasts, além de realizar eventos e palestras. Um canal no YouTube também está nos planos.

A jornalista, que não teve seu desejo atendido na Globo, destaca que não está fechada para outras propostas na TV: "Estou aberta a tudo que pode aparecer, novos formatos e novas ideias. Estou me jogando no desconhecido e aberta a tudo. Estou completamente disponível, disposta e atraindo coisas positivas".