PUBLICIDADE
Topo

Lucas Pasin

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deolane sobre defender membros do PCC: 'Prefiro advogar para os grandes'

Lucas Pasin

Jornalista há 14 anos, Lucas Pasin já experimentou as mais diversas áreas da profissão. Da rotina em redação aos releases de uma assessoria de imprensa, passando pelo marketing digital e comunicação corporativa. Mas, sem dúvida alguma, foi na cobertura do universo dos famosos que encontrou a maior curiosidade, e talvez, por isso, o maior reconhecimento profissional.

Colunista do UOL

16/05/2022 09h50Atualizada em 16/05/2022 13h12

De onde vem a fortuna de Deolane Bezerra? Nas redes sociais, a advogada criminalista ostenta, além de roupas e joias, muitas fotos em sua mansão avaliada em R$ 11 milhões. Em entrevista exclusiva a Splash, a "mãe estourada", que mantém um escritório de direito criminal desde 2017, revela que todo o seu patrimônio vem do trabalho na Justiça e de publicidades nas redes sociais.

A viúva de MC Kevin rebate ainda uma crítica feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que, após Deolane publicar uma foto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse que ela "gosta de advogar para bandido". Ela responde também se é a advogada da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

O advogado criminalista sofre inúmeros preconceitos. O médico, quando opera bandido, não pergunta a ele se é um bandido. O engenheiro, quando constrói uma casa, não pergunta a profissão. Do mesmo jeito é o advogado criminalista. Ele não defende o bandido ou a pessoa, defende a lei. Nós defendemos a lei.

Deolane nega que seja a advogada de todo o PCC em São Paulo:

Advogo para pessoas e não para uma facção. Um advogado criminalista em São Paulo não tem como afirmar que nunca advogou para um membro do PCC, a não ser que você advogue para clientes baixos. Eu prefiro os grandes, que me pagam bem. Não tem como ser hipócrita. Atendo uma pessoa que supostamente pertence a uma organização.

Questionada se não tem medo de virar alvo de bandidos com seu trabalho, a advogada diz que não e explica: "Nunca prometo nada para ninguém. Sempre prometi que faria o que a lei permite. Muitos advogados prometem alvará de soltura, dão prazo, dias. Isso nunca fez parte do meu vocabulário."

Deolane Bezerra entrega que pode cobrar de R$ 20 mil a R$ 500 mil para clientes de escritório de advocacia criminal - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Deolane Bezerra diz que hoje pode escolher para quem advogar
Imagem: Reprodução/Instagram

Quanto custa ter Deolane como advogada?

Deolane não depende mais exclusivamente do trabalho como advogada. Com mais de 20 milhões de seguidores nas redes sociais, ela também trabalha com publicidade e pode escolher seus clientes. Isso também a ajuda a cobrar o que considera justo para associar seu nome a um caso na Justiça.

[O preço] Depende de quem é o cliente. Se é o funcionário ou patrão. Vou dar um exemplo de tráfico de drogas. Existe o menino que fica ali na esquina vendendo e tem o cara que traz de fora e abastece 500 toneladas. Esse vai perder comigo R$ 500 mil. O que está na esquina vai perder R$ 20 mil, porque ele não tem dinheiro.

O preço muda de acordo com o tamanho do bandido? Ela explica:

"Do valor da causa. Se o advogado criminalista falar que não cobra assim, ele está mentindo. Não tem como cobrar o mesmo valor em um roubo de celular e um roubo de banco."

'Incomodei o presidente da República'

Ao ser chamada por Bolsonaro de "advogada de bandido" por postar uma foto com Lula, Deolane diz ter ficado surpresa e conta que apoia o ex-presidente há muitos anos.

Sou a favor da inclusão social e por isso a minha opinião política não poderia ser diferente. Não sei por que uma simples advogada de bandido, com o presidente me chamou, o incomodou tanto. Me senti lisonjeada. Estou 'estouradaça'! Incomodar o presidente como uma simples foto? Acho que ficou feio pra ele e não pra mim.