PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Cinegrafista é demitido da Globo após 40 anos de casa e quatro Copas

Terceiro da esq. para dir. em pé, Wanderley fez parceria com Pedro Bassan na China - Reprodução
Terceiro da esq. para dir. em pé, Wanderley fez parceria com Pedro Bassan na China Imagem: Reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

05/08/2021 11h24

O cinegrafista Wanderley Serbonchini não faz mais parte do Grupo Globo. Após 40 anos de grandes coberturas, o funcionário foi demitido da emissora. Segundo apurou o UOL, o motivo do desligamento foi "não ter mais o perfil da empresa".

Serbonchini foi correspondente internacional da Globo por anos, chegou a morar na China e em Portugal durante sua passagem pela emissora.

Sua passagem pela China foi marcada por uma parceria com Pedro Bassan, que ficou como correspondente no país por dois anos.

Entre as grandes coberturas das quais o cinegrafista fez parte estão quatro Copas do Mundo, como as de 1998 e 2014, Jogos Olímpicos de Pequim, Londres e Rio de Janeiro e também a queda do avião que levava a Chapecoense para a Colômbia.

Procurada para comentar o desligamento do funcionário, a Globo não respondeu a coluna.