PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Mãe de Gabriel Medina, Simone perde processo por danos morais contra nora

Simone Medina é mãe de Gabriel - Reprodução/Instagram
Simone Medina é mãe de Gabriel Imagem: Reprodução/Instagram
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

30/07/2021 14h00

Não tem sido uma semana fácil para a família Medina, quer dizer, depende do ponto de vista. Ao menos para Simone, a matriarca do clã, perdeu a ação que movia contra Bruna Bordini Medina, sua nora, que é casada com Felipe Medina, seu filho e irmão de Gabriel.

A Justiça de São Paulo considerou improcedente a ação movida por Simone. A mãe de Gabriel ainda terá de pagar as custas do processo no valor de R$ 2 mil.

"No caso dos autos, os comentários não se revestem de gravidade tamanha a causar dano à honra e ou imagem da autora. O descontentamento da requerente em relação ao conteúdo da publicação não é suficiente para amparar a pretensão indenizatória. Ao contrário, as circunstâncias do caso indicam que os transtornos suportados pelas partes, conquanto inconvenientes e não desejáveis, não extrapolam a esfera do mero aborrecimento e não são suscetíveis de reparação", diz a decisão.

"De igual modo, no que tange ao pedido de retratação, uma vez que as publicações já foram excluídas e datam de meses atrás, é certo que eventual retratação só reavivaria e daria maior, tardia e inoportuna publicidade às postagens debatidas nesta ação, razões pelas quais também deixo de acolher tal pedido", completou.

A ação por Simone foi movida por Bruna ter divulgado em seu Instagram que havia sido expulsa de casa. Ela pedia danos morais de R$ 100 mil.

Simone alegava que Bruna havia relacionado a sogra a uma "pessoa desumana que teria expulsado de casa seu filho, sua nora e a filha deles". Além do valor, ela pedia uma retratação nas redes de Bruna.

Em sua defesa, Bruna disse que morava de graça na casa de Simone, pois ela e Felipe tinham baixo rendimento. E que ao ser questionada pelos seus fãs da coisa mais difícil que havia vivido, citou a vez em que foi mandada embora da casa onde ela residia com a sua família.

Bruna ainda explica no processo que isso aconteceu por ter ficado em dúvida se assinava uma carteira de trabalho ou ficava em casa cuidando da filha. Ainda alega que em momento algum citou o nome de Simone respondendo os seguidores.