PUBLICIDADE
Topo

Leandro Carneiro

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Jornalista da ESPN é confundida com mulher que acusou jovem negro de roubo

Mariana Spinelli é apresentadora da ESPN - Divulgação
Mariana Spinelli é apresentadora da ESPN Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Leandro Carneiro

Editor de Splash, viciado por qualquer tipo de reality show, inclusive aqueles que os famosos vivem na vida real. Jornalista há mais de 10 anos e palpiteiro desde sempre. Se o assunto for esporte entro em campo também.

Colunista do UOL

16/06/2021 09h20

A apresentadora Mariana Spinelli, um dos novos nomes da ESPN, tem sofrido com comentários pesados nas redes sociais. O motivo é por uma situação em que ela não tem o menor envolvimento.

O problema é que a apresentadora é homônima da mulher que acusou um jovem negro de roubar uma bicicleta no Rio de Janeiro. O mesmo nome bastou para que Mariana fosse alvo de ataques nas redes sociais.

Mariana está assustada com a situação, como falou para a coluna. Tem recebido constantes comentários em seu Instagram e no Twitter com ofensas. "Não é nem só pelo ataque. As pessoas estão ficando com isso no imaginário", disse ao UOL.

Boa parte das pessoas tem percebido o erro, mas mesmo assim tem deixado comentários ofensivos. "Já vinha esculhambar e vi que não era ela". "Acabei de entrar por aqui por isso". "Eu vim achando que era você", diziam alguns dos comentários na postagem de Mariana que esclarece que ela não é a mulher envolvida na situação.

A apresentadora ainda revelou que recebeu comentários mais pesados, mas esses ela preferiu bloquear e apagar.

"As outras pessoas pelo menos tiveram a decência de ler a nota e tomaram cuidado. Imagina o tanto de gente que nem se deu ao trabalho?"

A situação já havia sido pesada na segunda-feira quando o vídeo viralizou. Ontem, após matéria do RJTV, jornal local da Globo no Rio, ela voltou a sofrer ataques.

Mariana Spinelli, que fez a acusação contra Matheus Ribeiro, tem 26 anos e é professora de dança. Ela foi demitida da escola Espaço Vibre e o Espaço L.

Já Mariana, a apresentadora, tem como únicos crimes em sua trajetória "dormir ao vivo" e "ser fã da Taylor Swift", como ela mesmo brincou nas redes.