PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Quem ganha e quem perde com as mudanças na programação da Globo?

Fátima Bernardes vai rumo ao "The Voice Brasil" - Reprodução/Instagram
Fátima Bernardes vai rumo ao "The Voice Brasil" Imagem: Reprodução/Instagram
Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

14/04/2022 09h42

As mudanças na programação da Globo para o segundo semestre pegaram muita gente de surpresa. Apesar de esperada, a saída de Fátima Bernardes rumo ao "The Voice Brasil", por exemplo, foi completamente inesperada. Dentre os rumores sobre sua partida, a aposta era de que a apresentadora acabaria em um programa do GNT, por exemplo.

A coluna decidiu analisar as mudanças pontualmente e mostrar quem ganha e quem perde com elas.

QUEM GANHA

Fátima Bernardes - Com a ida para o "The Voice Brasil", a apresentadora resolve dois problemas de uma só vez: ganha mais tempo para ficar com a família ao deixar o trabalho diário e conclui sua transição do jornalismo para o entretenimento. Carismática, vai se sair bem no posto e ainda ganhar longos períodos de férias.

pat - Reprodução / TV Globo - Reprodução / TV Globo
Patrícia Poeta e Manoel Soares comandarão o "Encontro"
Imagem: Reprodução / TV Globo

Patricia Poeta e Manoel Soares - Ao sair das manhãs de sábado para serem oficializados diariamente, os dois ganham uma promoção aos olhos da audiência. Ambos já mostraram que são competentes e merecem mais espaço.

Thiago Oliveira, Thalita Morete e Rita Batista - Todos ganham uma boa chance à frente do "É De Casa" e iniciam a renovação de rostos de apresentadores da Globo.

Andrea Sadi - Ao assumir o "Estúdio i" todos os dias, a jornalista terá a chance de mostrar seu talento como apresentadora e também o desafio de imprimir novo ritmo ao programa, que tem a cara de Maria Beltrão.

QUEM PERDE

maria - Divulgação  - Divulgação
Maria Beltrão vai comandar o novo "É de Casa"
Imagem: Divulgação

Maria Beltrão - A jornalista, que era uma verdadeira instituição à frente do "Estúdio i", será vista apenas nas manhãs de sábado, no "É De Casa", que têm público menor e mais específico. O formato também é bem diferente do qual estamos acostumados a vê-la. Não foi bom negócio escondê-la na programação da Globo.

Sandra Annenberg - Embora não tenha sido citada no comunicado sobre os ajustes da grade, Sandra chegou a ter o nome ventilado como uma possível substituta de Fátima Bernardes no "Encontro". Neste ano, continuará confinada nas noites de sexta, com o "Globo Repórter", mas a gente sabe que ela merece mais. Bem mais.

ana - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Ana Furtado: sem novo projeto oficializado, por enquanto
Imagem: Reprodução/Instagram

Ana Furtado - Competente, a apresentadora deixa as manhãs do "É De Casa" sem projeto específico na emissora. Merece ser mais valorizada.

Fernanda Gentil e André Marques - Sem programa desde o fim do "Zig Zag Arena", Fernanda Gentil não acabou no "É De Casa", como apontavam rumores na emissora. Continuará na geladeira. Já André Marques, depois de muito criticado pelo comando do "No Limite" perdeu espaço na casa ao ver Fátima assumir o "The Voice Brasil", principal produto da franquia musical.