PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Morre, aos 37 anos, o ator Léo Rosa, após luta contra o câncer

Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

09/03/2021 11h09

Morreu nesta terça-feira (9), aos 37 anos, o ator Leo Rosa, no Rio de Janeiro.

Conhecido por ter estrelado "Vidas Opostas", um dos maiores sucessos da dramaturgia da Record, em 2006, o ator fez par romântico com Maytê Piragibe e virou uma das principais estrelas da emissora.

leo - Reprodução / Internet - Reprodução / Internet
Léo Rosa em cena da novela "Escrava Mãe"
Imagem: Reprodução / Internet

No mesmo canal, atuou ainda em "Amor e Intrigas", "Promessas de Amor", "Rei Davi", "Balacobaco", "Milagres de Jesus" e "Escrava Mãe", que vem sendo reprisada todas as tardes. Recentemente, Leo gravou uma participação em "Amor de Mãe", na Globo, como um repórter.

Nas redes sociais, amigos como os atores Juliana Lohmann e Renato Góes, o diretor Ivan Zettel e os fotógrafos Yuri Sardenberg e Ariela Bueno lamentaram a partida do amigo.

Desde 2018, o ator vinha lutando contra o câncer. A doença, que começou nos testículos, acabou se espalhando por outras áreas. Depois de enfrentar sessões de quimioterapia, passou também a investir em tratamentos alternativos e afirmou que estava em processo de cura. Passou em investir em um estilo de vida saudável e a viver isolado da metrópole, em contato com a natureza e amigos.

Ainda não há informações sobre velório.