PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Ariadna ainda não recebeu pulseira: 'Se não chegar o vai barraco continuar'

Ariadna Arantes embarca para a Europa neste sábado (30) - Reprodução / Internet
Ariadna Arantes embarca para a Europa neste sábado (30) Imagem: Reprodução / Internet
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

26/01/2021 16h21

Passado mais de um mês de toda a polêmica em torno da pulseira emprestada e tardiamente devolvida por Lary Bottino, Ariadna Arantes ainda não recebeu a nova joia em suas mãos. Prevista para chegar nesta semana, a peça foi comprada pela ex-"De Férias com o Ex" depois que a ex-BBB afirmou que a que ela usava estava danificada, com cristais opacos. "Ela usava todos os dias para fazer tudo", diz a modelo, em entrevista ao programa "Fofoca Aí", da TV Gazeta, apresentado por este colunista.

Apesar da compra, o prazo de entrega ainda não foi cumprido. "Ela tinha me dado o código de rastreamento, parece que a pulseira ia vir de Israel. Escrevi uma mensagem para ela há duas semana avisando que a peça tinha chegado ao Brasil e ela pagou a alfândega. Depois, escrevi novamente e não recebi resposta, não sei é porque ela está confinada", afirma Ariadna sobre Lary, que está atualmente gravando uma nova temporada do reality show da MTV.

A ex-BBB torce para que a joia chegue ainda nesta semana. "Espero que até sexta-feira ela chegue em minhas mãos, porque sábado eu embarco para a Europa. Até sexta alguém precisa entrar em contato comigo", conta Ariadna. "Vou aproveitar e mandar mais uma mensagem para ver se consigo um serviço de expedição express. Senão, acho que o barraco vai continuar, vai ser a pulseira parte 2."

Ariadna conheceu Lary durante uma viagem pela Europa com Anitta. A cantora, no entanto, não se manifestou publicamente sobre a confusão. "Claro que a gente conversou sobre isso, mas ela é um ícone e não pode se envolver em escândalos dessa maneira. Parece um escândalo bobo, mas eu precisava me impor. Se a gente não impõe respeito, não respeitam a gente. Ela falou que eu tava certa e disse para eu não passar pano", conta a ex-BBB.

Ameaçada publicamente de processo, Ariadna afirma que nunca recebeu nenhuma notificação. "Sei que ela disse que sofreu danos morais, mas que danos? Ela comentava em fotos de amigos pedindo coisas emprestadas, criou uma linha de pulseiras. Já eu não fui chamada para fazer um único story. Os valores andam meio invertidos. Espero que as marcas comecem a lembrar das pessoas trans para suas campanhas durante todo o ano e não só na semana de visibilidade", diz a ex-BBB, que espera um dia voltar ao reality da Globo.