PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Antes astro da Globo, Fernando Vannucci teve história apagada por gafes

Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

24/11/2020 17h15

Resumo da notícia

  • Com seis Copas do Mundo no currículo e bordão popular, jornalista passou a ser lembrado por gafes na TV
  • Apesar do currículo extenso, Vanucci sofreu apagamento da Globo e não foi lembrado nos 40 anos do "Globo Esporte"
  • Apresentador teve passagens por Band, RedeTV! e Rede Brasil nos últimos anos

Quem passou os começos de tarde em casa nos anos 80 e 90 certamente cresceu assistindo a Fernando Vannucci no "Globo Esporte". O jornalista, que morreu nesta terça-feira (24), aos 69 anos, após passar mal em sua casa, era um dos nomes mais respeitados da Globo na época e tinha no currículo seis Copas do Mundo. Popular, seu bordão "Alô, você!" virou marca registrada. Depois de uma bem sucedida carreira, o apresentador deixou a emissora após um episódio que, hoje, viraria meme: apareceu no ar comendo um biscoito na volta de um VT. Desde então, Vannucci passou por Band, RedeTV! e Rede Brasil.

Na RedeTV!, apareceu no vídeo aparentando embriaguez, segundo espectadores. Posteriormente, ele explicou e atribuiu os efeitos ao uso de medicamentos ansiolíticos. É triste que nos últimos tempos o jornalista com carreira consagrada tenha passado a ser conhecido apenas por suas gafes, repetidas à exaustão em programas como o "Pânico". Poucos fazem questão de lembrar momentos importantes, como dia em que o Brasil foi desclassificado da Copa de 1986 e ele emocionou a todos lendo uma poesia de Affonso Romano de Sant'Anna.

Quando o "Globo Esporte" completou 40 anos, o apresentador não foi lembrado na homenagem promovida pela Globo. Na época, o jornalista questionou no Facebook: "Nem citaram meu nome, mas quem viu sabe que eu estava lá por mais de 20 anos! História é história! Ou não? Pode isso? Surpreso, claro! Raiva? Não. Não tenho esse tipo de sentimento! Ficar triste? Jamais. É só decepção mesmo."

Os últimos anos de Vannucci foram bem diferentes dos áureos tempos. O jornalista passou por problemas de saúde e teve de submeter a uma cirurgia no coração. Também enfrentou problemas financeiros. O que chama atenção é como um profissional tão popular e presente na memória do público pode ter sofrido um apagamento tão brutal dos lugares onde fez história.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL