PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Quatro ex-participantes de "A Fazenda" viram suplentes na eleição

Fernanda Lacerda, a Mendigata, teve 143 votos, mas virou suplente  - Gabriel Cacella/Instagram
Fernanda Lacerda, a Mendigata, teve 143 votos, mas virou suplente Imagem: Gabriel Cacella/Instagram
Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

16/11/2020 15h25

Resumo da notícia

  • Mesmo com votação pequena, nomes como Mendigata e Fábio Arruda emplacam vaga de suplente
  • Em São Paulo, Renata Banhara e Dinei também garantiram o posto e assumem em caso de vaga livre
  • Outro ex-participantes como a cantora Neném e o ex-BBB Marcos Harter ficaram de fora

Acostumados com votações em "A Fazenda", pelo menos seis ex-participantes do reality da Record tentaram a sorte nas eleições como candidatos a vereador. Embora nenhum tenha sido eleito, quatro dos famosos conseguiram vagas como suplentes. Ou seja: assumem em caso de desistência.

De todos, a mais votada foi Renata Banhara, do Republicanos, que obteve 3.415 votos. A modelo usou apenas transporte coletivo em sua campanha e usou o combate à violência contra a mulher como plataforma em São Paulo. Outro do Republicanos que ficará na expectativa de um cargo vago é o ex-jogador Dinei, que recebeu 2.960 votos.

Também na capital, o consultor de etiqueta Fábio Arruda, candidato pelo PSL, partido que elegeu Jair Bolsonaro, teve 809 votos e também conseguiu o posto de suplente.

Já região metropolitana, mais precisamente em São Bernardo do Campo, Fernanda Lacerda, a Mendigata teve 143 e também foi alçada a suplente do PSDB. Embora as votações não sejam expressivas, os candidatos ficam na espera por uma vaga por causa do método de coeficiente dividido por partidos.

Dois outros ex-"A Fazenda" tentaram a sorte, mas naufragaram nas urnas. Neném (PROS), que forma uma dupla com a irmã Pepê, teve 827 votos. Já o médico e também ex-BBB Marcos Harter, do Solidariedade, recebeu 497 votos em Sorriso, no interior do Mato Grosso.