PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

'A Fazenda' poderia ter ainda mais audiência caso não se sabotasse

Conteúdo exclusivo para assinantes
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

16/10/2020 12h34

Resumo da notícia

  • Interferências da direção amenizaram conflitos no reality show da Record
  • Transmissão 24 horas do programa sabota espectador e corta momentos importantes
  • Programa poderia ter audiência ainda maior e repercussão

Maior audiência do reality show nos últimos dez anos e responsável pelos índices mais altos de toda a programação da Record, "A Fazenda 12" poderia ser ainda mais empolgante e atrair público caso não se autossabotasse.

Apesar de bem-sucedido, o programa foge a algumas regras de ouro do gênero de confinamento. O aplicativo que promete 24 horas por dia de transmissão, conta com apenas uma câmera e corta momentos cruciais para o jogo.

Da mesma maneira, parte do material em alguns momentos fica velho quando vai ao ar. A "Prova de Fogo" realizada nas tardes de domingo, só costuma ganhar exibição nas noites de segunda-feira.

Além disso, os conflitos, matéria-prima para atrair espectadores interessados na atração, têm sido amenizados por meio de mensagens da direção passadas por Marcos Mion aos peões. Jojo Todynho, por exemplo, desapareceu do jogo e parece indiferente depois de ouvir uma sugestão para arranjar menos encrenca.

Ou seja: a repercussão de "A Fazenda" poderia ser ainda maior, caso a direção deixasse o jogo seguir seu curso com transparência e intensidade.