PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Com problemas de áudio, TNT testa a paciência do espectador nas premiações

O apresentador Jimmy Kimmel durante abertura da 68ª edição do Emmy em Los Angeles - Mike Blake
O apresentador Jimmy Kimmel durante abertura da 68ª edição do Emmy em Los Angeles Imagem: Mike Blake
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

20/09/2020 22h04

Resumo da notícia

  • Como em outros anos, transmissão do Emmy forçou tradução simultânea ao espectador
  • Áudio original só foi recuperado dois blocos depois do início e áudio perdeu sincronia
  • Problemas com áudio têm sido comuns em transmissões da TNT

Todo ano o drama do espectador de premiações pela TNT segue o mesmo. A opção de áudio original não funciona. Obviamente que a tradução simultânea é um artifício importantíssimo, mas muita gente prefere assistir à distribuição de troféus sem ouvir pitacos de alguns comentaristas ou tentativas de explicar piadas dos apresentadores. Neste domingo (20), com o Emmy, não foi diferente. Durante os dois primeiros blocos os espectadores do canal a cabo foram obrigados a assistir à transmissão com comentários.

Nas queixas colocadas nas redes sociais, o problema não pareceu exclusividade de uma operadora. Relatos davam conta de que assinantes da NET, Claro, Vivo e Sky também não conseguiam assistir a premiação com áudio original. Curiosamente, resolvida essa inconveniência, o áudio original ficou fora de sincronia.

Ninguém duvida das boas intenções e do grande investimento da TNT nos eventos que transmite, mas é importante perguntar: por que praticamente todo ano o mesmo problema se repete? O Emmy, o Grammy, o Globo de Ouro e o Oscar só acontecem uma vez ao ano. Não haveria tempo suficiente para prever esse tipo de empecilho técnico?

Por meio do Twitter, a Claro se justificou: "As opções de áudio e legendas são administradas pelo próprio canal. O TNT apresentou um problema técnico na tradução simultânea do Emmy. Entretanto, já foi normalizado".

No quesito troféus, a grande surpresa da noite ficou a cargo de "Schitt's Creek", série disponível por aqui no Paramount+ e UOL Play, que dominou os prêmios de comédia. Venceu em nove categorias. A equipe recebeu os troféus das mãos de um assistente usando traje de biossegurança direto do Canadá.

Remota, a cerimônia se mostrou conectada com boa parte dos indicados em suas casas e sob cuidados por causa da pandemia e premiou ainda favoritas da crítica como "Watchmen" e "Succession".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL