PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

TV Cultura pretende lançar nova versão do 'Rá Tim Bum' no ano que vem

Alguns dos quadros do programa infantil "Rá Tim Bum" - Juliana Caro e Leonardo Rodrigues/UOL
Alguns dos quadros do programa infantil "Rá Tim Bum" Imagem: Juliana Caro e Leonardo Rodrigues/UOL
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

16/09/2020 07h00

Resumo da notícia

  • Infantil ficou no ar entre 1990 e 1994 e é considerado até hoje um marco na história da emissora
  • Informação foi confirmada pelo presidente da Fundação Padre Anchieta
  • José Roberto Maluf afirmou no documentário "Os Campeões de Audiência" que programa terá novos textos e nova produção

Um dos infantis mais cultuados da televisão nacional, o "Rá Tim Bum" tem grandes chances de voltar a ser produzido em nova versão, com novo elenco e novas histórias, pela TV Cultura.

A informação é confirmada por José Roberto Maluf, presidente da Fundação Padre Anchieta, responsável pela emissora, no primeiro episódio do documentário "Os Campeões de Audiência", que presta homenagem aos 70 anos de fundação da TV no Brasil. A produção irá ao ar nesta quinta-feira (17), às 22h15.

A coluna apurou que o projeto só deve sair do papel no ano que vem, passada a pandemia.

Levado ao ar a partir de 1990, o "Rá-Tim-Bum" contava com 192 capítulos e era transmitido em três horários diferentes: 9h, 15h e 19h. Integravam o elenco nomes como Marcelo Tas, Eliana Fonseca, Iara Jamra, Norival Rizzo, Ângela Dip, Ricardo Corte Real, Marcelo Mansfield e Luiz Henrique, que viria a ganhar fama como Mamma Bruschetta.

Entre os quadros de maior sucesso estavam o inesquecível "Senta Que Lá Vem História", "O Enigma da Esfinge", "O Mundo de Nina" e "A Classe do Professor Tibúrcio". Criada por Flávio de Souza, a atração ficou no ar até 1994 e teve como diretor Fernando Meirelles, hoje celebrado cineasta, responsável por sucessos como "Cidade de Deus" e "O Jardineiro Fiel".

No primeiro dos quatro episódios de "Os Campeões de Audiência", série documental dirigida por Henrique Bacana, personalidades como Xuxa Meneghel, Angélica e Boni lamentam a falta de programação infantil nos canais abertos. Para eles, não ocorrerá formação de novos públicos se não houver atrações voltadas para crianças.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL