PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

'Globo Repórter' prepara especial sobre os 70 anos da televisão no Brasil

Sandra Annenberg, apresentadora do Globo Repórter - Reprodução/TV Globo
Sandra Annenberg, apresentadora do Globo Repórter Imagem: Reprodução/TV Globo
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

24/08/2020 19h17

Resumo da notícia

  • Famosos como Zezé Motta já deram depoimentos para a produção do jornalístico
  • Especial deve contar também com nomes como Cid Moreira, Fernanda Montenegro e Lima Duarte
  • Previsão é que ele vá ao ar no dia 18 de setembro, quando se completam os 70 anos da primeira transmissão

As entrevistas do "Conversa com Bial" com grandes figuras da televisão são apenas o começo das homenagens da Globo. A coluna apurou que o "Globo Repórter" prepara uma edição especial sobre os 70 anos da TV no Brasil.

Entre os que já foram entrevistados para o programa está a atriz Zezé Motta, que gravou seu depoimento na semana passada. O jornalístico comandado por Gloria Maria e Sandra Annenberg deve ter ainda conversas com nomes como Fernanda Montenegro, Lima Duarte e Cid Moreira.

A primeira transmissão da televisão no Brasil foi realizada em 18 de setembro de 1950, na TV Tupi, de Assis Chateaubriand. Dois detalhes da época chamam atenção. Antes da inauguração, ninguém se deu conta de que não havia aparelhos no país e foram trazidas emergencialmente TVs dos Estados Unidos. Depois da primeira transmissão, alguém se deu conta de que não havia programação definida para o dia seguinte.

A previsão é que o "Globo Repórter" comemorativo vá ao ar no próprio aniversário da televisão no Brasil, em 18 de setembro, que cairá numa sexta-feira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL