PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Fefito

Não dá para falar de 'Vale Tudo' e ignorar Regina Duarte ao mesmo tempo

Regina Duarte viveu Raquel Accioli em "Vale Tudo" - Reprodução / Internet
Regina Duarte viveu Raquel Accioli em "Vale Tudo" Imagem: Reprodução / Internet
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

20/07/2020 11h20

Resumo da notícia

  • Reportagem do "Fantástico" não colocou atriz entre os protagonistas da trama
  • Regina Duarte só foi lembrada em depoimento dado por Gloria Pires
  • Não dá para apagar, no entanto, a importância da atriz para a trama de Gilberto Braga

Em reportagem durante o último domingo (19), para divulgar o retorno de "Vale Tudo" no GloboPlay, o "Fantástico" conseguiu uma proeza: transformar em protagonistas personagens da trama de Gilberto Braga e praticamente ignorar a real mocinha da história. Estremecida com a Globo desde que rompeu um contrato de mais de 50 anos para se arriscar como secretária de cultura do governo Jair Bolsonaro por cerca de três meses, a atriz apareceu rapidamente em duas cenas e só foi lembrada quando citada por Gloria Pires, que interpreta sua filha no folhetim.

Por mais que se possa criticar as decisões de Regina para sua carreira, é impossível falar de "Vale Tudo" sem citá-la. Raquel, a real protagonista da história, é o retrato de muitos brasileiros e tenta se manter honesta a qualquer custo. Alvo de uma armação da filha, Maria de Fátima, que vende a casa em que ela mora, Raquel é obrigada a enfrentar a pessoa que mais ama no mundo em nome de seus valores. E mais: precisa se reconstruir, engolir qualquer possível orgulho, para sobreviver. É emblemática, por exemplo, a cena em que surge vendendo sanduíche natural na praia e é humilhada pela filha, aspirante a milionária por meio de golpe do baú.

A divulgação da volta de "Vale Tudo" já excluiu Regina de postagem no Instagram e, em suas vinhetas, tem focado mais em Odete Roittman, antológica vilã vivida por Beatriz Segall. Parece um esforço bobo e infantil. A Globo pode tirar a atriz de seu futuro, mas não dá para apagar o passado ou a importância de Regina Duarte para a trama.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL