Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Chegou a hora de Malhação voltar ao ar na Globo

Esta é a versão online da newsletter Splash TV. Quer receber antes o boletim e diretamente no seu email? Clique aqui. Assinantes UOL têm acesso à newsletter Splash TV. Confira.

**

A Globo encerrou a produção de Malhação após 27 temporadas em 2020. Desde então, a nação encontra-se carente de um importante pilar da sua cultura popular.

A novelinha teen foi uma plataforma de lançamento para diversos astros e estrelas que hoje brilham em outras produções da Globo e do streaming, em realities e principalmente em tramas bíblicas da Record.

De lá para cá, o BBB se transformou num novo celeiro de craques. Mas a transição entre o show de realidade e o folhetim às vezes pode ser muito dura, como observamos nas críticas injustas à atuação de Rafa Kalimann em Família é Tudo. O retorno de Malhação possibilitaria um reencontro da emissora com historinhas de apelo fácil e sem muito compromisso. Adorada por jovens de todas as idades, a atração faz muita falta nos fins de tarde.

Além disso, quem aguenta tanta reprise? Todas as novelas da tarde, em qualquer emissora, são repetecos. Só na Globo são duas: Cheias de Charme, que não está atingindo os índices de outrora, e Alma Gêmea, um hit atemporal.

Novelas vespertinas inéditas são uma demanda urgente na programação da TV aberta, até como estratégia para frear o apreço do telespectador pelas possibilidades infinitas do streaming.

O retorno de Malhação, veja só, é a receita para fortalecer a musculatura da programação linear. Entendeu? Brinquei com as palavras.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes