PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

BBB 22: Naiara nunca deveria ter topado participar (mas que bom que topou)

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

24/01/2022 12h53

A personalidade extravagante de Naiara Azevedo é o melhor motivo para que ela participasse de um programa como o BBB. E é também o melhor motivo para que ela jamais tivesse topado algo assim.

De um jeito bastante peculiar, a cantora fica equilibrando seu narcisismo com as suas inseguranças o tempo todo. Com isso, parece obcecada em expor seus pensamentos e opiniões, não por se garantir, mas por necessitar da aprovação externa.

O fato é que o reforço positivo acaba não vindo na mesma intensidade ou frequência que a demanda. E ela tenta disfarçar, mas isso magoa e vai minando sua autoestima. O jeito de lidar com isso é intempestivo, como demonstrou na votação de domingo.

Com o ego ferido, preferiu criar uma desculpa de que não pretendia atrapalhar os sonhos dos dois anônimos que disputam com ela o paredão. E deixou à mostra seu temor de lidar com a rejeição. Como que não ser o auge da sociedade contemporânea se encaixaria em sua narrativa pessoal?

As reações exageradas à sua quase desistência, em especial por parte de Tiago Abravanel, esclareceram também como funcionam as dinâmicas quando algo ameaça a vaidade de artistas bem-sucedidos como ela. O tom superlativo com que tudo foi tratado parece também alimentar o problema.

Talvez isso até explique por qual motivo Naiara, mesmo ciente de suas questões, topou participar. Nada parece atingi-la —até que atinja. Por todo esse contexto, é uma das participantes mais interessantes que já passaram pelo confinamento de Curicica.

A maneira imprevisível com que Naiara é uma pessoa extremamente previsível é um dos trunfos deste BBB 22. Curioso para saber o que vem por aí.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.