PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

Brasileiros são proibidos de transar no novo reality da Netflix

"Brincando Com Fogo Brasil": É tipo a Vila Olímpica, mas com um plano de contenção melhor do que as camas de papelão - Divulgação/Netflix
"Brincando Com Fogo Brasil": É tipo a Vila Olímpica, mas com um plano de contenção melhor do que as camas de papelão Imagem: Divulgação/Netflix
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

21/07/2021 17h45

O reality show mais conservador e careta do mundo finalmente chegou ao Brasil. A versão nacional de Brincando Com Fogo (Too Hot to Handle) agora está disponível no catálogo da Netflix.

A premissa é no mínimo tacanha: para que a conexão entre as pessoas seja realmente profunda e significativa, o sexo é um impeditivo. No intuito de sofisticar essa entrega entre os participantes, transar é proibido —assim como qualquer outra carícia de cunho carnal, inclusive as solitárias.

Ora, tanto faz se a proposta é conceitualmente meio furada. O que importa é que Brincando Com Fogo é puro entretenimento. Gatinhas sinceras e saradões atrapalhados vivem intensamente o amor na contramão. E cada percalço afetivo resulta em multa no prêmio final de R$ 500.000,00 a ser dividido entre os 10 participantes.

O elenco tupiniquim é um achado. Figuras que desfilariam com certa leveza em diferentes círculos do Inferno de Dante. Entregues ao excesso, tudo é muita coisa o tempo todo.

Destaco três personagens que brilham já nos primeiros episódios: Brenda, cuja iniciativa empreendedora descabelaria Jeff Bezos; Matheus, um malandro criado por algoritmos que tenta imitar o Alexandre Frota sem muito sucesso; e Rita, que mais parece um amálgama de heroínas para lá românticas interpretadas por Isis Valverde em diferentes novelas das 19 horas.

Além dos 4 episódios disponíveis a partir de hoje, outros 4 serão liberados na quarta que vem pela plataforma de streaming.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.