PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

A Fazenda: Jojo desistiu de brincar e não fará falta se sair nessa roça

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

11/11/2020 00h48

Ninguém tem dúvidas de que Jojo Todynho é uma personalidade fascinante. A magnética cantora viveu momentos de pura efervescência no decorrer de sua passagem por A Fazenda 12.

Sabe-se lá por quais motivos, infelizmente parece ter perdido a vontade de brincar de uns tempos para cá. Com isso, passou a liderar a turma do deixa disso. Não confronta ninguém e trabalha intensamente para diminuir as tensões da casa.

No auge do absurdo, preferiu fazer caretas e debochar em vez de se defender do discurso ridículo que o cantor Gabriel proferiu na formação da mais recente roça. Isso depois da espetacular performance na terça-feira passada.

Acredito que parte da responsabilidade por essa guinada rumo à inércia seja do discurso apaziguador de Marcos Mion na oportunidade em que Jojo esteve na berlinda. O texto que buscava ressaltar a pretensão que o programa tem de ser uma reabilitação de artistas com avarias emocionais.

Além disso, há o desgaste natural do confinamento. Dos outros peões na roça, apenas Lucas e Jake ainda estão procurando de maneira ativa alguma encrenca com seus interlocutores. Raissa até pode render, mas só funciona quando alguém dá corda.

É péssimo imaginar que um desses quatro elementos deixará o jogo na quinta. Ainda assim, pelo atual estado das coisas em Itapecerica da Serra, minha impressão é que Jojo faria menos falta.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.