PUBLICIDADE
Topo

Se é para produzir só mais 20 capítulos, melhor nem voltar com Amor de Mãe

Lurdes passa mal em "Amor de Mãe" - Reprodução/Globo
Lurdes passa mal em 'Amor de Mãe' Imagem: Reprodução/Globo
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

29/07/2020 18h47

Ainda são apenas rumores de fontes sempre muito bem informadas da imprensa especializada. Mas é preocupante: ao que tudo indica, Amor de Mãe voltará para encerrar sua história de maneira acelerada, condensando o que deveria levar cerca de 70 capítulos em apenas mais 20.

De acordo com o colunista Fefito, a situação é tão crítica que haverá um enxugamento do elenco, privilegiando o desenvolvimento das tramas principais.

É frustrante imaginar que uma história que vinha sendo construída com tamanha beleza, tanto no roteiro quanto na direção e nas atuações, precise terminar de uma forma diferente da prevista. A pandemia trouxe uma extrapolação dos desafios de uma obra aberta.

As gravações estão para ser retomadas nos próximos dias. A ideia é gravar sem pressa, enquanto a Globo reprisa Fina Estampa e, posteriormente, A Força do Querer. Para diminuir os riscos, uma rotina bem menos frenética que a usual.

No intuito de manter a fidelidade das ideias da escritora Manuela Dias, talvez o melhor fosse nem voltar. Que colocassem todos os atores em uma sala de conferências virtual lendo o roteiro ao vivo, no horário nobre da Globo. E daqui a uns anos, quando as coisas já estiverem seguras novamente, talvez gravar a continuação.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL