PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

Pagodeiro olavista tenta vender casa em Brasília durante live

O youtuber Leandro Brito recebe Kaique do grupo Di Propósito em live - Reprodução/YouTube
O youtuber Leandro Brito recebe Kaique do grupo Di Propósito em live Imagem: Reprodução/YouTube
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

02/05/2020 14h48

Brasília se tornou um importante berço de novos astros em ascensão do pagode brasileiro. Conjuntos musicais locais estão encantando o país inteiro por intermédio das redes sociais.

A eloquente relevância garantiu a presença até de Neymar e Denílson, notórios arroz de festa, na live do grupo Menos É Mais há alguns dias.

O mais importante agitador cultural da cena é Leandro Brito, proprietário de um canal no YouTube com quase meio milhão de inscritos. Além de análises e entrevistas, também oferece shows exclusivos aos entusiastas do gênero.

Na tarde de sábado, apresenta um evento de gala com dois convidados muito especiais. Kaique, vocalista do Di Propósito e diagnosticado com coronavírus no começo de abril —mas aparentemente recuperado, e Duzão, vocalista do Menos É Mais e o nome mais quente do pagode nacional para os próximos meses.

O cenário é uma mansão no Lago Norte, próxima ao Lago Paranoá. Um detalhe adoravelmente pitoresco é que o espaço está à venda durante a live, anunciado com bom humor por Brito.

"Essa casa aqui tá à venda, essa linda casa. Se você quer vir morar em Brasília, numa área de alto padrão... Aqui não é mole, não. Eu moro longe daqui, que eu não tô nesse alto padrão. Casa confortável, segura, próximo a shopping, supermercados", explicou, enquanto parte do público pedia para voltar a música.

Por conta de um texto a respeito de Thiaguinho e os rumos do Brasil após o fim do Exaltasamba, o youtuber fez um vídeo sugerindo que eu lesse "O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota", volume com vários textos de Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo.

VEJA A LIVE

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL