PUBLICIDADE
Topo

Arte Fora do Museu

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

A luta de Bruce Lee contra o general confederado

Conteúdo exclusivo para assinantes
Andre Deak / Felipe Lavignatti Felipe Lavignatti

O projeto Arte Fora do Museu nasceu em 2011 com os pesquisadores e jornalistas Andre Deak e Felipe Lavignatti, como um levantamento de obras de arte nas ruas da cidade de São Paulo. Hoje em mais de 500 cidades do mundo, milhares de obras e centenas de artistas, é um guia de arte urbana que inclui arquitetura, escultura, graffiti e mural. Andre Deak e Felipe Lavignatti são também sócios na produtora Liquid Media Lab, com projetos de comunicação digital, arte e diversos trabalhos no campo da inovação.

Felipe Lavignatti

Colunista do UOL

22/10/2021 18h01

Resumo da notícia

  • Condado americano quer ressignificar nome
  • A ideia é trocar nome do general pelo do ator
  • São quase 30 estátuas do general para apenas uma de Bruce Lee

A temporada de queda de monumentos segue em alta. De colonizadores a magnatas escravocratas, esses símbolos do passado estão passando por uma grande revisão no mundo todo (inclusive no Brasil com o Borba Gato). Mas não são só as estátuas que estão sendo revistas. É o caso do local chamado Lee County na Flórida, nos EUA, que passa por uma petição para mudar o significado de seu nome. Permaneceria Lee, mas referente não mais a Robert E. Lee, mas sim a Bruce Lee.

Para quem não conhece o Lee do atual nome do condado americano, ele é Robert E. Lee, um general que lutou na Guerra Civil americana do lado que defendia a permanência da escravidão nos EUA. Derrotado, ainda bem, mas não esquecido, como dá para ver pelas homenagens e estátuas por todo país. E existem mais 7 condados com o mesmo nome nos EUA.

Bruce Lee é considerado por comentaristas, críticos, mídia e outros artistas marciais como o artista marcial mais influente de todos os tempos e um ícone da cultura pop do século 20, que fez a ponte entre o Oriente e o Ocidente. Ele é creditado por ajudar a mudar a maneira como os asiáticos eram apresentados nos filmes americanos. Já o outro Lee era um general que lutou para que a escravidão permanecesse. Até o momento, 23 lugares ou monumentos de Robert E. Lee foram removidos ou renomeados. E estátua de Bruce Lee, por enquanto, apenas uma, na Chinatown de Los Angeles.

Campanha para ressignificar o condado de Lee - Divulgação - Divulgação
Campanha para ressignificar o condado de Lee
Imagem: Divulgação

Os moradores do Lee County da Flórida estão incomodados com esse legado e resolveram abrir uma petição online (que você pode assinar aqui) para homenagear um outro Lee, o ator e mestre em artes marciais Bruce Lee. Um dos maiores problemas com a mudança do nome do condado é o alto custo envolvido, mas e se o custo fosse mínimo e a maior parte fosse apenas uma mudança na narrativa? Essa é a proposta dos organizadores da petição. "Não estamos tentando mudar nosso passado, estamos tentando melhorar nosso futuro, e que melhor maneira do que usar uma figura influente e inspiradora como nosso homônimo", argumentam em sua apresentação do projeto.


De fato, há custos até mesmos nas burocracias de mudar o nome da cidade e ressignificar pode ser a solução mais prática. Os problemas físicos, no entanto, seguem. Há 15 minutos do condado é possível ver um monumento ao general que permanece em pé. Uma solução boa seria aproveitar a mudança de Lee´s para trocar o busto do general por uma estátua de Bruce Lee. No país são quase 30 monumentos e esculturas de Robert e por enquanto apenas uma de Bruce. Esses números devem virar, se depender dos moradores de (Bruce) Lee County

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL