PUBLICIDADE
Topo

Arte Fora do Museu

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

A estética da arte urbana em Cruella

Divulgação Cruella - Divulgação - Divulgação
Emma Stone e Emma Thompson em cartazes novos de 'Cruella'
Imagem: Divulgação
Andre Deak / Felipe Lavignatti

O projeto Arte Fora do Museu nasceu em 2011 com os pesquisadores e jornalistas Andre Deak e Felipe Lavignatti, como um levantamento de obras de arte nas ruas da cidade de São Paulo. Hoje em mais de 500 cidades do mundo, milhares de obras e centenas de artistas, é um guia de arte urbana que inclui arquitetura, escultura, graffiti e mural. Andre Deak e Felipe Lavignatti são também sócios na produtora Liquid Media Lab, com projetos de comunicação digital, arte e diversos trabalhos no campo da inovação.

Colunista do UOL

27/05/2021 12h05

A cultura urbana tem aparecido cada vez mais em todos os lugares, inclusive nos maiores meios de comunicação. A estética dos graffiti começa agora a sair dos muros das capitais do mundo e ganhar as telas, inclusive nos filmes da Disney.

A designer das roupas de Cruella conta que o figurino de Emma Stone no filme foi se tornando cada vez mais estilizado, conforme a personagem se desenvolve na narrativa.

É bem claro na história que, enquanto a Cruella muda, é possível perceber também um arco narrativo através das suas roupas, explica Jenny Beaven, figurinista do filme, ao site Entertainment.

Conforme ela fica mais vilã, mais cruel, o guarda-roupas dela vai também se tornando mais esteticamente apurado e ousado. Na cena da moto, a transformação total da protagonista é mostrada pela maquiagem e roupas, totalmente inspiradas na cultura urbana disruptiva: "O elemento graffiti foi importante", disse Beavan.

Assim como a estética do rock, e depois do punk, a arte urbana vai entrando também lentamente na cultura pop. Que bom.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL