PUBLICIDADE
Topo

Arte Fora do Museu

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Roteiro para conhecer as obras de Paulo Mendes da Rocha em São Paulo

Retrato do arquiteto Paulo Mendes da Rocha em seu escritorio no centro de Sao Paulo. Ele acaba de vencer o premio Leao de Ouro da Bienal de Veneza pelo conjunto da obra - Eduardo Knapp/Folhapress
Retrato do arquiteto Paulo Mendes da Rocha em seu escritorio no centro de Sao Paulo. Ele acaba de vencer o premio Leao de Ouro da Bienal de Veneza pelo conjunto da obra Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress
Andre Deak / Felipe Lavignatti Felipe Lavignatti

O projeto Arte Fora do Museu nasceu em 2011 com os pesquisadores e jornalistas Andre Deak e Felipe Lavignatti, como um levantamento de obras de arte nas ruas da cidade de São Paulo. Hoje em mais de 500 cidades do mundo, milhares de obras e centenas de artistas, é um guia de arte urbana que inclui arquitetura, escultura, graffiti e mural. Andre Deak e Felipe Lavignatti são também sócios na produtora Liquid Media Lab, com projetos de comunicação digital, arte e diversos trabalhos no campo da inovação.

Felipe Lavignatti

Colunista do UOL

24/05/2021 15h54Atualizada em 24/05/2021 16h35

Resumo da notícia

  • Arquiteto brasileiro era referência mundial
  • Conheça aqui suas obras em São Paulo

Perdemos ontem um dos maiores nomes da arquitetura mundial, Paulo Mendes da Rocha. O brasileiro morreu aos 92 e deixa um legado de obras incríveis e reconhecimentos como o Prêmio Pritzker, Leão de Ouro e o Prêmio Imperial do Japão. A maior parte da sua produção se encontra no Brasil, principalmente em São Paulo. Selecionamos aqui a lista de 13 construções que levam sua assinatura e que pode ser conferida em um passeio pela cidade. O roteiro completo do arquiteto pode ser visto aqui.

Loja Uniflex Cidade Jardim
Av. Cidade Jardim, 924 - Jardim Paulista
São 30 metros de vão livre debaixo dessa estrutura para uma loja em uma avenida movimentada. E como loja, sua vitrine ficou visível para a rua, assim como foi pensado um espaço para carros que não atrapalhasse o fluxo de pessoas.

Sesc 24 de Maio
R. 24 de Maio, 109 - República
O Sesc no centro de São Paulo utilizou um edifício existente para sua atual construção. Destaque para a piscina na cobertura e a rampa que percorre todos os andares.

Casa do Butantã
Rua Engenheiro João de Ulhôa Cintra, 26 - Butantã
Casa feita em concreto em parceria com João Eduardo Gennaro

AESOP
R. Oscar Freire, 540 - Jardim America
A loja, desenho do arquiteto em parceria com METRO, possui uma fachada para a rua e outra para o condomínio, integrando o ambiente.

Edifício Guaimbê
Rua Haddock Lobo, 1447 - Cerqueira César
Prédio de 1964 projetado em conjunto com João Eduardo Gennaro, tem como característica principal a fachada com toldos curvos em concreto.

Ginásio do Clube Atlético Paulistano
R. Honduras, 1400 - Jardim America
Resultado de um concurso que ganhou aos 29 anos, o ginásio não é exatamente arte fora do museu, pois está dentro do clube, mas de fácil acesso quando aberto para jogos. Mais uma parceria com João Eduardo Gennaro.

Nova Galeria Leme
Av. Valdemar Ferreira, 130 - Butantã
Mais uma obra de concreto armado do arquiteto. Aqui, foi replicado o edifício que foi demolido. Na nova construção, o estúdio paulistano Metro Arquitetos Associados tratou também da ampliação.

Casa Gerassi
R. Alberto Faria - Alto de Pinheiros
Projeto residencial com grande área de lazer

Complexo Praça dos Museus da USP
USP - Cidade Universitária
Um complexo em uma área grande da Universidade com topografia acidentada. Cada museu é independente e a ideia é integrar todo o complexo com o resto da cidade.

Arco da Praça do Patriarca
Praça do Patriarca, 78 - Centro
O projeto modificou radicalmente a Praça do Patriarca, em São Paulo (SP). Os críticos dizem que a cobertura impede a visão da igreja, enquanto a sustentação ocupa um espaço importante da praça. Porém, a estrutura flutuante em cima da entrada da Galeria Prestes Maia tem um desenho suave, levando um respiro às linhas duras do centro da cidade.

Poupatempo Itaquera
Av. do Contorno, 60 - Cidade Antônio Estêvão de Carvalho
Projeto de grande fluxo de pessoas, por sugestão do arquiteto foi erguido ao lado do terminal intermodal, aproveitando um acesso desativado.

Mube
R. Alemanha, 221 - Jardim Europa
Chama atenção logo na entrada a enorme viga do museu. Entretanto, o grande destaque de seu desenho está debaixo da terra, fazendo com que seja uma construção semi-subterrânea. O projeto arquitetônico do museu foi escolhido por meio de concurso, e sua construção teve início em 1988, sendo inaugurado em 1995. O jardim leva a assinatura de Roberto Burle Marx.

Casa Milan
Rua Circular do Bosque, Bairro Jardim Guedala
Esculpida em um pequeno sítio inclinado, abaixo do ponto mais alto do terreno, a Casa Millán está organizada em torno de uma série de claraboias que iluminam os diferentes cômodos.

Pinacoteca do Estado de São Paulo
Praça da Luz, 2 - Luz
O projeto do edifício ficou a cargo do escritório Ramos de Azevedo, que o concebeu em colaboração com Domiziano Rossi. Foi nos anos 90 que Paulo Mendes da Rocha junto de Eduardo Colonelli promovem uma reforma no espaço interno do prédio, aliando o metal com a estrutura de tijolos do prédio.

Edifício Luís Eulálio de Bueno Vidigal Filho (Fiesp)
Avenida Paulista, 1313 - Bela Vista
A intervenção de Paulo Mendes da Rocha no saguão de entrada do prédio respeitou o desenho do prédio e abriu um espaço expositivo diferenciado na calçada da avenida, onde abriga diferentes shows aos domingos.

Veja um roteiro das obras de Paulo Mendes da Rocha aqui.