PUBLICIDADE
Topo

Aline Ramos

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

BBB 21: Por que o beijo de Lucas e Gilberto incomodou tanto?

Reprodução / Globoplay
Imagem: Reprodução / Globoplay
Aline Ramos

Aline Ramos é jornalista, mas tá mais pra palpiteira, por isso cria conteúdo na internet desde 2014. Você com certeza já fez algum teste dela no BuzzFeed, onde foi redatora por dois anos. É especialista em diversidade e dá consultoria para marcas em temas como raça e gênero. Mas o que ama mesmo é escrever sobre entretenimento e dar opinião sobre tudo, se bobear até sobre a sua vida.

Colunista do UOL

07/02/2021 20h25

Na madrugada de sábado para domingo (7), Lucas e Gilberto se beijaram durante a festa Holi Festival do BBB 21 e surpreenderam a todos, tanto dentro quanto fora da casa. Porém, as reações foram diferentes para os confinados e os telespectadores.

Para o público que acompanhava a festa pelo Globoplay, a união de Lucas e Gilberto era uma reviravolta incrível dentro do programa. Porém, para a casa, essa foi apenas uma estratégia de Lucas para se promover no jogo. De acordo com os brothers, Lucas se aproveitou de Gilberto com a situação.

O momento de euforia com o beijo se transformou em um pesadelo. Lucas explicou para os colegas que é um homem bissexual e se sente atraído por homens e mulheres. Já Gilberto foi dar satisfações sobre o que rolou para garantir que foi ele quem tomou a iniciativa e não se sentia usado. Após muita pressão sobre Lucas, a confusão terminou com ele pedindo para deixar o BBB.

Por que Lucas não disse antes que era bissexual?

Mesmo após Lucas contar que é bissexual, alguns participantes questionaram o motivo dele não ter falado antes sobre a sua sexualidade. Com a pergunta, os colegas de casa queriam desmascará-lo, como se o beijo em outro homem fosse mero oportunismo. A atitude só mostrou o preconceito que os colegas de confinamento sentem.

A resposta é simples: Lucas não falou sobre a sua sexualidade porque não quis. E também por medo. Em conversa conturbada com Camilla, ele argumentou que não seria aceito por amigos, família e em sua comunidade.


Dois pesos, duas medidas

O que Lucas não esperava era o julgamento de quem aparentemente deveriam apoiá-lo. Lumena, uma mulher lésbica, além de Karol Conká e Pocah, mulheres bissexuais, foram as que mais apontaram o dedo para Lucas. Elas se sentiriam em um tribunal onde deveriam decidir se Lucas era realmente bissexual ou não.

Curiosamente, ninguém perguntou se Thais e Fiuk eram realmente heterossexuais quando se beijaram. Na ocasião, os brothers fizeram uma roda ao redor do casal e bateram palmas. O beijo entre Karol Conká e Arcrebiano também não foi questionado na casa, mesmo com o modelo claramente se esquivando das investidas dela. A rapper chegou até a perguntar se ficar com ele seria bom para o jogo, mas nenhum participante encarou o fato como uma estratégia.

Incômodo vem do preconceito

O comportamento das pessoas dentro da casa nos deixa algumas perguntas. Por que o beijo entre dois homens incomoda tanto? Por que é tão questionado? Por que esse beijo não foi celebrado como os outros? A diferença de tratamento entre os casais só nos indica que Lucas e Gilberto foram alvos de homofobia e bifobia.

Além disso, o que aconteceu com Lucas, que teve sua sexualidade questionada e posta em dúvida, também acontece com boa parte da comunidade bissexual, que constantemente sofre com ataques bifóbicos.

Existem mais pessoas bissexuais no seu círculo social do que você imagina. Muitas delas estão em silêncio para não ser alvo de dúvidas e chacota por conta da sexualidade. Elas sabem o que acontece quando assumem quem são. E agora, todo o Brasil também pode saber a partir da experiência negativa de Lucas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL