Lives reveladoras

Teste do sofá e quartinho 'do pó e do c*' na Globo: as bombas de Maria Zilda

As lives de Maria Zilda Bethlem são de cair o queixo.

A atriz convida famosos da TV brasileira e, em papos descontraídos, promove revelações bombásticas. Já rolou desde José de Abreu com bafo até um "quartinho do pó e do c*" que supostamente existiria na TV Globo. A gente separou algumas destas histórias.
Reprodução/Instagram

Quartinho do pó e do c*

Oscar Magrini relembrou um papo com Cleyde Yáconis em 1988: "Ela me olhou e falou assim: para entrar [em novela na Globo], você precisa participar do quartinho do PC. Eu falei: PC? Quem é? Ela respondeu: É o quartinho do pó e do c*".
Giphy

E a história vai além...

Magrini disse que Cleyde o interrogou: "Você cheira? Não. Você dá o c*? Eu falei que não. Então não vai entrar". Chocante, não é? E Maria Zilda confirmou! "Eu sei muito bem como aquilo funcionava, fui casada com diretor. Não é teste do sofá, não. É teste do c*", ela respondeu ao ator..
Divulgação/TV Globo

O bafo de Zé de Abreu

Neste caso, "bafo" realmente significa mau hálito. Maria Zilda disse que sofreu para contracenar com José de Abreu em "Bebê a Bordo" (1988). "Era uma coisa insuportável", afirmou. "Ele estava em uma fase muito doida, bebia demais. Obrigava o contrarregra a dar a cachaça na boca dele".
Divulgação/TV Globo

Evidentemente, ele bebia. Era uma cena externa. Ele estava suado. Já tinha o cheiro do suor, mais o do cigarro, mais o da bebida... Era uma coisa insuportável. O Zé era um bicho.

Maria Zilda, que revelou que teve um caso (um "namorico") com Zé em 1978.
Nickelodeon

Ary tirado do armário?

Em uma das lives, Maria Zilda afirmou, quase sem querer, que Ary Fontoura é homossexual. Ela teria descoberto isso em 1977, quando trabalhou com ele na novela "Gina". Ele nunca confirmou.
João Miguel Júnior/Globo

Um dia a gente foi para a sala de atores, para passar o texto, aí ele me disse: 'Eu sou viado'. Com o texto na mão, eu disse: 'Que?'. Ele disse: 'Antes que digam para você, digo eu: sou viado'. Foi a coisa mais incrível que já vi.

Maria Zilda
Giphy

Maitê só faz live paga?

Foi o que disse Maria Zilda em conversa com Carolina Ferraz: Maitê Proença só faz live se for paga para isso. Ela deixou claro que não estava julgando, mas deu treta.
Karime Xavier/Folhapress

Acho muito difícil porque a Maitê gosta muito de dinheiro. Inclusive, ela só faz live se pagarem. Não estou criticando, nem julgando. Ela tem o direito. Cada um faz o que gosta da sua vida. Esse é um direito que ninguém pode te tirar.

Maria Zilda
Disney

Maitê não deixou barato

"Ela tem feito algo construtivo ou apenas difamado a vida de quem sempre a ajudou? Eu não pude atendê-la quando me convidou para uma live e ela se tomou de ódio. Ou então foi mordida por um cachorro bravo. Vai saber", provocou Maitê em resposta à Veja Rio.
Reprodução/Instagram/@eumaiteproenca

Assassinatos

Miguel Falabella contou que sua avó teve a mãe e a tia assassinadas por um possível cafetão. "Virou até manchete: 'Tragédia no Rio Comprido, cafetão mata amante e irmã'. Acho que elas eram do babado, porque na minha família só tem gente do palco e do babado".
Globo

Matador de deuses

Antônio Fagundes é o maior gamer que você respeita. Ele se apaixonou pelos jogos de "God of War" ("Deus da Guerra"). Dá para imaginar esse ator fofo jogando isso?
Reprodução/Instagram
Publicado em 30 de novembro de 2020.