PUBLICIDADE

Topo

Sexoterapia #75: Sexy sem ser vulgar? Deborah Secco fala sobre sensualidade

31/03/2022 14h55

Aos 42 anos, casada e mãe de uma filha, Déborah Secco é considerada uma das mulheres mais sexies do Brasil. Durante muito tempo, segundo a atriz, essa imagem se tornou uma expectativa a ser cumprida e passou a ser um personagem incorporado à vida real. "Eu acreditava que a vida era fazer com que as pessoas me aceitassem. Foi no último relacionamento que consegui desconstruir. Eu acabei me enquadrando num personagem, e esse personagem tinha que performar, pouco importava se eu estava tendo prazer com isso. Fiquei muito tempo presa a esse estereótipo". (veja no vídeo acima a partir de 3:48)

Deborah Secco foi a última convidada desta 9a temporada do podcast Sexoterapia, que foi ao ar nesta quarta-feira (30). Na conversa com a jornalista e editora Bárbara dos Anjos Lima e a psicóloga clínica, terapeuta e educadora sexual Ana Canosa, ela falou sobre sensualidade, autoestima e sobre as armadilhas do estereótipo da mulher sexy, criado em torno de sua imagem e incorporado na sua vida afetiva.

A atriz contou que quando iniciou seu relacionamento com o seu atual marido conseguiu, pela primeira vez, expressar seu lado frágil e romântico num relacionamento. "Quando eu me despi deste personagem sexy, eu me senti verdadeiramente amada. Porque quando eu não mostrava as minhas fragilidades, por mais que me amassem, amavam o personagem que eu apresentava", contou. (no vídeo acima a partir de 11:00)

Abrir mão dos estereótipos é o segredo, segundo a atriz, para viver com liberdade, sem tantos julgamentos e autocensura. "Ninguém precisa ser uma coisa só", afirmou. "Eu sou uma mulher que tenho tanto dentro de mim: eu sou às vezes preguiçosa, às vezes mega ativa, romântica, doce e meiga. E também me acho uma mulher extremamente sensual e sexual". (a partir de 29:55)

O Sexoterapia é o espaço criado por UOL/Universa para falar de sexo e relacionamento, e nesta temporada recebeu convidadas famosas a cada episódio para falar de sexualidade e relacionamento. Além de Deborah Secco, participaram desta edição Pepita, Day Feitoza, Maitê Proença, Dadá Coelho, Negra Li, Cinnara Leal e Natalia Timerman.

Os podcasts de UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Sexoterapia em plataformas como Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music, Youtube e TikTok —nestes dois últimos, também em vídeo.