PUBLICIDADE

Topo

UOL Esporte

Dividida

Mauro Cezar Pereira entrevista personagens de destaque do universo esportivo


Coordenador argentino explica defasagem na formação de técnicos brasileiros

Do UOL, em São Paulo

26/08/2021 14h40

Coordenador de curso de treinadores da Associação de Técnicos do Futebol Argentino e com licenças AFA-Conmebol, o treinador argentino Leo Samaja é o entrevistado de Mauro Cezar Pereira no programa Dividida, do Canal UOL, e aborda os motivos da defasagem na formação de técnicos brasileiros e uma dificuldade criada pela própria CBF para aqueles que optam por fazer sua preparação em outros países.

O treinador conta que os requisitos exigidos pela CBF para a formação de treinadores são diferentes em relação à AFA e a UEFA e explica que a entidade que rege o futebol brasileiro faz com que os que buscam uma preparação fora do Brasil tenham de cumprir os mesmos requisitos exigidos em território nacional.

"O Brasil está numa situação bem complicada para o processo de formação porque hoje as regras estão limitando não só dentro do país como também fora do país. Muitos brasileiros encontram fora do país a possibilidade, a oportunidade de encontrar conhecimento, uma formação de qualidade e hoje estão reféns de pequenas regras que entram dentro da negociação das próprias federações dentro do nosso continente", explica Samaja.

"O Brasil exige algumas coisas diferentes, por exemplo, estar já no futebol há algum tempo ou ter uma formação academia como professor de educação física. Até aí, tudo bem, mas agora com uma nova regulamentação, uma nova exigência da CBF perante a Conmebol, exigem que brasileiros não podem estudar na CBF porque não cumprem com esse requisito e também não vão poder estudar fora do país porque têm que cumprir com os requisitos da CBF para poder sair fronteiras afora", completa.

O profissional diz que a medida da CBF acaba seguindo um modelo anterior utilizado em países como a Espanha quando foi necessária a limitação de estrangeiros pela falta de espaço aos espanhóis, mas que não se aplica mais e hoje acaba sendo um fator que dificulta o intercâmbio para os brasileiros.

"Está copiada de um modelo antigo da UEFA, que também limitava e você tinha que pedir autorização para a sua federação de onde você nasceu para estudar em outro país, mas isso se dava por outra situação, se dava porque você queria fazer um curso na Espanha e estava cheio de italianos, portugueses e alemães e os espanhóis não tinham espaço, então tinha que restringir o pessoal de fora, mas eles cortaram essa emenda, esse anexo, porque cortava com a liberdade, até com tratados internacionais da livre educação", conta Samaja.

"A Conmebol infelizmente tomou este pedido evidentemente do Brasil e está permitindo essa situação que infelizmente está prejudicando as pessoas que querem crescer no Brasil dentro da formação", completa.

Samaja afirma ainda que o treinador brasileiro tem procurado evoluir, mas ainda encontra barreiras para obter conhecimento devido à falta de conteúdo e bibliografia disponível.

"O treinador brasileiro vem crescendo, vem evoluindo, vem buscando conhecimento, mas, infelizmente, dentro do país há uma dificuldade para encontrar esse conhecimento. Há uma dificuldade em bibliografias, conteúdos, cursos que possam aprimorar, então, todas essas restrições que vão aparecendo no caminho, acabam atentando contra a qualidade do profissional", afirma o argentino.

"Temos treinadores um pouco mais ousados que outro mas que infelizmente também não têm um acompanhamento pelos clubes, não têm visibilidade, mas a gente ainda está esperando uma mudança para melhor no país. O Brasil tem como recuperar esse espaço mas está de pés e mãos amarradas", conclui.

O Dividida vai ao ar às quintas-feiras, às 14h, sempre com transmissão em vídeo pela home do UOL e no canal do UOL Esporte no Youtube. Você também pode ouvir o Dividida no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Amazon Music.


Um universo de conteúdo para assistir do seu jeito.

O Conto de Aia
Flack
Acende a Luz
De Férias com o Ex - Brasil
Schitts Creek
The Office
Patrulha Canina
Inimigos da HP