PUBLICIDADE

Topo

Cá Entre Nós: Sérgio Loroza fala de racismo na TV e relembra "Oscar do pornô nacional"

Mais Cá Entre Nós
1 | 25
Siga o UOL Mov no

Do UOL, em São Paulo

19/10/2020 11h27

No "Cá Entre Nós" desta segunda (19), o ator e cantor Sérgio Loroza fala sobre racismo na televisão brasileira. Ele afirma que a ideia de que negros não atraem audiência, e que por isso seriam minoria na programação, é uma falácia. "Se coloca preto, a audiência vai lá em cima", diz. Assista acima.

Na entrevista ao humorista Yuri Marçal, o assunto surge quando Loroza relembra seu papel no seriado da TV Globo "A Diarista" (2004-2007), ainda lembrado com muito carinho pelos fãs.

"Quando eu cheguei na TV Globo, muita gente dizia que não colocavam muitos negros [na programação] porque a gente não dava audiência. E hoje nós sabemos que isso é uma grande mentira", diz.

Para ele, um dos fatores que tem aumentado a representatividade na televisão é uma união mais forte entre pessoas negras. "A gente tá começando a entender que não é preciso odiar não negro, mas é preciso amar o negro".

A conversa passa pelos mais de 20 anos de carreira de Loroza, que já fez muita coisa inusitada na indústria — entre elas a apresentação do Prêmio Sexy Hot, considerado o "Oscar do pornô brasileiro". "Eu quis fazer com dignidade. Foi divertido para caramba... Um milhão de piadas, algumas nem tão publicáveis assim", conta entre risadas.

Assista ao episódio completo no topo da página.

No "Cá Entre Nós", Marçal recebe celebridades e influencers para entrevistas e brincadeiras, unindo o formato do talk show ao humor e irreverência pelo qual se tornou conhecido nas redes sociais, onde possui mais de 1,5 milhões de seguidores. O programa estreia novos episódios toda segunda-feira, às 16h.