PUBLICIDADE

Topo

UOL Play

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

O que esperar das quartas de final da Champions League?

O que esperar das quartas de final da Champions League? - UOL Play
O que esperar das quartas de final da Champions League?
Imagem: UOL Play
UOL Play

Um Universo de conteúdo para assistir do seu jeito: aqui quem escolhe o que quer assistir é você. São milhares de conteúdos sob demanda e muita programação ao vivo com diversão garantida para toda a família. Curta os sucessos do cinema, séries premiadas, shows empolgantes, desenhos para a criançada, notícias, esportes ao vivo e produções originais do UOL!

Colunista do UOL

13/04/2022 17h20

Guardiola contra Simeone, Jorginho, Lukaku e Kanté contra Benzema, volta de Jürgen Klopp a Lisboa e a onipresença do Bayern diante da zebra ibérica. Qual destes confrontos promete ser o mais emocionante das quartas de final da Champions League?

A competição mais importante do continente chega a seu momento mais crítico e o equilíbrio é tamanho que já deixou gigantes pelo caminho.

O heptacampeão Milan e o penta Barcelona deram adeus precocemente em grupos em que eram considerados favoritos. O Borussia de Haaland, campeão em 1997, seguiu a mesma linha.

Como você pode notar, o que está em jogo na atual edição da Champions implica dois cenários: o aumento da hegemonia para alguns ou o título inédito para outro rol. Quem vai sorrir na Cidade Luz em maio?

Uma coisa é certa: o assinante UOL Play não perde um lance do melhor da Champions League na HBO Max™!

A seguir, vamos fazer uma análise dos confrontos, indicando os pontos fortes de cada um dos postulantes e relembrar a campanha de todos. Faça suas apostas!

Quartas de final da Champions League: Quem sobreviveu às oitavas?

A fase mata-mata, como era de se esperar, causou surpresas logo de cara. O Paris Saint-Germain de Neymar, Messi e Mbappé tombou no super duelo contra o Real Madrid.

Outra surpresa foi a queda do Ajax, tetracampeão da Champions, diante do Benfica, já sem Jorge Jesus. Cristiano Ronaldo é outro que foi para casa com o United eliminado pelo Atlético.

Completando a onda de façanhas, o modesto Villarreal destronou a Juventus com um sonoro 3 a 0 em Turim.

Vejamos como serão as quartas de final:

REAL MADRID x CHELSEA
É o mais esperado dos duelos das quartas de final. De um lado, o Real dos brasileiros Vinícius Júnior, Casemiro e Éder Militão junto dos incansáveis Toni Kroos e Benzema. Do outro, o atual campeão Chelsea comandado por Thomas Tuchel.

Falar em favorito no confronto é uma tarefa capciosa. Mesmo em 2º na fase de grupos, o Chelsea superou o Lille em dois confrontos.

Em Londres, Havertz e Pulisic brilharam, dando vantagem para o jogo na França. Na volta, o camisa 10 e o experiente Azpilicueta decretaram a virada para os Blues, que buscam o tri.

Já o Real ficou ainda mais gigante com a batalha travada diante do PSG. Após perder em Paris com gol de Mbappé aos 48 minutos da etapa final, o Real soube reverter o placar no Santiago Bernabéu.

Em sorteio da UEFA, decidiu-se que o Chelsea fará o jogo de ida, no Stamford Bridge, no dia 06/04, às 16h (horário de Brasília). A volta acontece no dia 12/04 no Santiago Bernabéu no mesmo horário.

O duelo deve ser extremamente tático do começo ao fim. O Real aposta na excelente fase de Benzema, Asensio e Vinícius Júnior, além da experiência de Carlo Ancelotti à beira do gramado. O italiano é tricampeão da Champions (duas pelo Milan e uma pelo próprio time madrilenho).

Por sua vez, o Chelsea carrega o status de melhor clube do mundo na última temporada. Foi a coroação do trabalho do francês Thomas Tuchel, de apenas 48 anos e já considerado o melhor treinador do planeta, à frente de Pep Guardiola.

Dentro de campo, devemos ver um Chelsea mais uma vez intenso desde o primeiro minuto. Em Londres, a tendência é que Tuchel incentive uma blitz nos primeiros 15 minutos, assim como aconteceu contra o Lille. Sem Lukaku, a equipe se torna mais móvel e pode surpreender pela velocidade.

ATLÉTICO DE MADRID x MANCHESTER CITY
Confronto que põe à frente dois opostos, mas postulantes à inédita taça da Champions. O City com sua ofensividade e o ímpeto característicos de Guardiola contra a eficiência do Atlético de Simeone, especialmente na disciplina defensiva.

Se analisarmos a campanha até aqui, o Manchester City leva vantagem. Após uma fase de grupos sem grandes sustos, o time inglês passou com autoridade pelo Sporting, com direito a goleada em Lisboa. Tem o segundo melhor ataque da Champions, com 23 gols, atrás somente do Bayern de Munique.

A defesa também tem se comportado consideravelmente, tendo sofrido apenas 10 gols.

Nas oitavas, os Colchoneros derrubaram CR7 em pleno Old Trafford, segurando a vantagem construída por Renan Lodi logo no 1º tempo. Detalhe: Ronaldo não conseguiu finalizar uma única vez.

Por isso, espera-se que, no jogo de ida (05/04), em Manchester, o City vá com tudo em busca da vantagem no agregado. Simeone já deve montar a estratégia para explorar os contra-ataques, assim como aconteceu contra o United.

>> A partida decisiva acontece no Metropolitano, no dia 13/04. Ambos os duelos acontecem às 16h (horário de Brasília).

Outro confronto que deve ser definido nos mínimos detalhes, especialmente por destacar dois estilos controversos. O jogo de ida certamente terá um enorme peso na eliminatória.

Caso o City consiga superar a "retranca" espanhola na ida, poderemos ver um Atlético mais ousado ofensivamente. Griezmann e João Félix são as grandes apostas de Simeone no último terço do campo.

Se houver igualdade ou vitória do Atlético na ida, Guardiola poderá ter um dos maiores desafios de sua trajetória no City: ser agressivo e, ao mesmo tempo, seguro na retaguarda. Tarefa árdua para ambos.

LIVERPOOL x BENFICA
Em jogo, estão oito títulos europeus. Talvez a vantagem de 6 a 2 em favor do Liverpool nas taças possa representar, talvez, o favoritismo da eliminatória por vir.

No lado inglês, Jürgen Klopp vê sua equipe crescer consideravelmente nos últimos meses, de maneira a reduzir a vantagem do City na Premier League. Na Champions, classificação tranquila na fase de grupos com direito a 100% de aproveitamento.

Nas oitavas, a primeira derrota — em Anfield, para a Internazionale —, mas o triunfo em Milão, na ida, já encaminharam tudo. Talvez o revés em casa seja o alerta necessário para Klopp blindar seus pupilos de qualquer tipo de 'salto alto' daqui para frente.

Do lado benfiquista, a surpreendente campanha que começou pela fase eliminatória. Ainda com JJ, as Águias bateram o PSV para ingressarem no grupo que continha Bayern de Munique e Barcelona.

O Benfica viu o sonho da classificação ao mata-mata virar realidade. Deixou o Barça pelo caminho e, mesmo já sem o "Mister", derrubou o Ajax de Antony e Tadic nas oitavas em Amsterdã.

>> No dia 05/04, aconteceu o confronto Klopp em Lisboa para o confronto de ida no Estádio da Luz. A volta acontece em 13/04, em Liverpool, também às 16h (horário de Brasília).

Não há como deixar de lado o favoritismo do lado dos Reds, com um melhor elenco e em melhor momento. O leque de opções de Klopp é bem mais vasto do que o de Nélson Veríssimo.

Ao Benfica, torna-se imprescindível abrir uma margem em Lisboa. É a grande chance de Éverton Cebolinha confirmar seu investimento diante de um adversário que busca sua sétima taça.

Por outro lado, se o Liverpool confirmar já na ida, que Otamendi e Vertonghen se preparem. A ausência de Lucas Veríssimo, em recuperação de cirurgia no joelho, também pode ser um fator decisivo para o time luso.

BAYERN DE MUNIQUE x VILLARREAL
O último dos confrontos das quartas também reserva um grande duelo. De um lado Villarreal tenta prosseguir em seu conto de fadas diante do melhor ataque da competição e com Robert Lewandowski do outro lado.

O time de Julian Nagelsmann permanece sendo o único invicto até aqui, mas só nome não ganha jogo. Principalmente diante da maior surpresa até aqui em 2021/22.

Atual campeão da Europa League, o Villarreal vem acumulando façanhas desde a fase de grupos. Na rodada final de sua chave, arrancou vitória por 3 a 2 diante da Atalanta, na Itália, para avançar às oitavas.

Para quem achava que os espanhóis estavam satisfeitos, Unai Emery aplicou um nó tático em Massimiliano Allegri e saiu do Juventus Stadium com um 3 a 0 acachapante.

O "Submarino Amarelo" agora tenta igualar a campanha de 2006, quando alcançou a semifinal, diante de mais um rival de respeito. No dia 06/04, recebe o Bayern no El Madrigal. A volta acontece em 13/04 na Allianz Arena.

O favoritismo anda ao lado do Bayern, tanto pela tradição na competição quanto pelo elenco à disposição de Nagelsmann.

Além do poderio de fogo com Lewandowski, o time continua sendo base considerável da seleção alemã. Melhor ataque da competição e com variações táticas para enfrentar qualquer rival.

Do lado espanhol, a grande esperança é a partida de ida. O Villarreal já se mostrou uma equipe muito aguerrida, porém para seguir seu "fairytail", terá que mostrar algo a mais do que apenas superação.
Champions League é no UOL Play!
Os próximos dois meses serão imperdíveis para o fã da Champions. Não perca nada: você confere todos os lances ao vivo na HBO Max™!

O assinante UOL Play ainda tem a chance de acompanhar debates e mesa redonda após cada jogão das quartas de final até a decisão no Stade de France.

Por R$ 49,90 ao mês, você vai poder assistir ao vivo à Champions mais disputada das últimas temporadas. Neste combo, o assinante ainda ganha de presente mais 26 canais, desde documentários até cinema da melhor qualidade.

Clique aqui e aproveite o melhor futebol do planeta!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL