PUBLICIDADE
Topo

Geleia de pimenta caseira combina com queijos e carnes. Veja como fazer

Mais Gastronobásico
1 | 25

Salted Caramel

Colaboração para Nossa

23/01/2021 04h00

O mix agridoce e picante da geleia de pimenta permite várias combinações na cozinha. Ela faz par perfeito com petiscos como dadinhos de tapioca e bolinhos de arroz, carne ou bacalhau. Também já virou um clássico para acompanhar uma tábua de queijo — especialmente o brie — ou servir com torradinhas.

Fácil de fazer e com a possibilidade de guardar na geladeira, a geleia também é curinga quando você quer dar aquele toque especial em carnes. Cordeiro ou porco ganham um up especial com um toque agridoce, mas, democrática, ela também faz bonito com frango ou carne bovina.

No episódio de hoje de Gastronobásico, a série de Nossa que ensina os básicos da culinária, você confere o passo a passo dos ingredientes e da receita e observa o ponto certo da geleia — talvez o ponto de maior atenção neste preparo.

Vamos combinar?

Dadinhos de tapioca - Instagram/balaioims - Instagram/balaioims
Os originais: dadinhos de tapioca do restaurante Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira
Imagem: Instagram/balaioims

Quem diria que um erro culinário poderia originar um dos petiscos mais famosos dos bares e botecos do Brasil. Pois foi isso que aconteceu com os dadinhos de tapioca.

A massa de bolinho esquecida sobre o balcão estava prestes a ir para o lixo quando o chef Rodrigo Oliveira teve o insight de aproveitar aquele preparo. O resultado foi tão bom que os dadinhos viraram marca registrada e foram copiados por bares de todo o país e, inclusive, no exterior.

Quer aprender com o próprio criador a fazer os dadinhos? Ele gravou para Nossa o passo a passo. Combinados com a geleia de pimenta, ficam uma delícia.