PUBLICIDADE
Topo

Chef cria cadeira com skates e paneleiro 10 vezes mais barato que em loja

Mais Brasil com Zeca
1 | 25

De Nossa

05/12/2020 04h00

No programa Brasil com Zeca, pessoas que realizam transformações em suas casas com boas ideias e baixo custo são destaque no quadro "Eu que fiz". No último episódio, Zeca Camargo conversou com o chef Ricardo Brasil, de Ilha Primeira, no Rio de Janeiro.

Ricardo é jornalista e andava frustrado com a vida. A carreira estagnada, o trânsito e outras coisas o fizeram perceber que ele fazia sua casa de dormitório. Certo dia, ele teve um despertar: se deu conta de que o cacho de banana no quintal deu frutas e apodreceu sem que ele visse ou apreciasse uma banana sequer. "Percebi que não dava mais para viver assim", conta.

Sua história mudou quando completou 50 anos.

Fiz essa casa gostosa e não me relacionava com o quintal. Na infância, comia o que meus pais colhiam da terra. Assim eu comecei a fazer esse caminho de volta, a me reconectar com a natureza"

A transformação também passou pelos seus hábitos alimentares. Na cozinha, ele prega o afroveganismo: "O veganismo ficou muito centrado em pessoas brancas e ricas, que têm acesso a elementos caros e propagam isso. Se repenso isso, trabalho com outro ponto de vista, que aproxima as pessoas pretas do veganismo".

Eu que fiz

Ricardo mostrou para Zeca Camargo duas de suas criações para a decoração da casa no estilo "faça você mesmo": uma cadeira e um paneleiro ao estilo cozinha de fazenda.

Há cerca de três anos ele encontrou uma cadeira velha no lixo da rua. Praticante de long skate, logo lembrou de uma cadeira feita com shapes em uma mostra de decoração. Veio dali a inspiração.

Era assinada por um designer e custava uma fortuna, eu jamais poderia ter"

Ele resolveu botar a mão na massa. Comprou três shapes de skate em tom de madeira crua, parafusos e tinta spray para renovar a estrutura da cadeira.

Em duas horas, estava pronta a peça, com o gostinho de ter feito à mão e de dar vida nova a um objeto que iria para o lixão da cidade. Hoje, a cadeira é sua mesinha de cabeceira e apoia seus livros. "Amo ressignificar objetos", diz ele.

Paneleiro 10 vezes mais barato

O paneleiro da cozinha também foi feito por ele.

Vi um do qual gostei numa loja de decoração, mas custava R$ 3 mil"

Um dia, um marceneiro foi fazer um reparo em sua casa e Ricardo aproveitou a mão de obra para cortar parafusos de inox e a madeira. Com corda e roscas, o paneleiro foi feito em duas horas, pelo custo dez vezes menor do valor que ele pagaria na loja.

Ricardo também desenhou toda a casa, que foi erguida com tijolos ecológicos de encaixe. Todos os materiais são garimpados e a madeira é de demolição. "Foi uma obra limpa, com entulho quase zero", diz.