PUBLICIDADE
Topo

"Covid não é gripezinha, não. Ela pega e mata", diz Xand Avião

Mais Brasil com Zeca
1 | 25

De Nossa

25/11/2020 11h56

Xand Avião foi o convidado especial do programa Brasil com Zeca e conversou com o apresentador Zeca Camargo sobre como a pandemia do coronavírus afetou tanto a vida pessoal como profissional do artista.

No bate-papo, Xand relembrou o diagnóstico da doença, em março, assim como a sua esposa.

"Fomos no médico, minha esposa teve 75% dos pulmões comprometidos pelo vírus. O exame demorou para sair, mas o médico falou que as chances eram grandes", relembrou. "Como estava no começo, demorou 14 dias para sair o resultado e, quando veio, estávamos praticamente curados".

Meu filho via as notícias na televisão e, preocupado, perguntava se íamos morrer".

O cantor, por fim, finalizou dizendo que "não é uma gripezinha qualquer", mas "uma coisa séria", "ela pega e mata", complementando que a agenda de shows, com exceção de uma apresentação que será feita no Réveillon, só deve iniciar de novo após a vacina.

"Quando existir a vacina vou fazer show 24 horas!", brincou ele. "Mas voltar a fazer apresentações, de fato, só depois da vacina. Farei um no ano novo, com tudo bem separado e organizado para seguir as regras da vigilância sanitária para a segurança dos fãs. A gente precisa se adaptar a isso, aos poucos".

Racismo no Brasil

Xand e Zeca também conversaram sobre o assassinato de Beto Freitas no Carrefour, em Porto Alegre, na noite da última quinta (19).

Depois que Zeca Camargo abriu a atração destacando a palavra "racismo" onipresente na já tradicional Curva das Expectativas Flutuantes, o apresentador convidou o cantor para se posicionar sobre o assunto.

"Eu tenho nojo de quem é racista", afirmou Xand. "É inacreditável que isso aconteça por causa da cor da pele de alguém, do cabelo. É uma coisa mesquinha. Precisa ser combatido, acabado e finalizado".

Beto Freitas, um homem negro, foi espancado até a morte por seguranças da empresa, um dia antes do Dia da Consciência Negra e levantou a discussão sobre o crime racial no Brasil.

Anota aí!

O Brasil com Zeca agora vai ao ar toda sexta-feira, às 11 horas, com transmissão ao vivo no Youtube do UOL. No próximo programa, dia 27 de novembro, a convidada especial é a atriz Tainá Müller, estrela da série da Netflix "Bom dia, Verônica".