PUBLICIDADE
Topo

Bunker francês dos tempos da Segunda Guerra renasce como hospedaria

O espaço dos quartos da hospedaria que foi bunker na Segunda Guerra - Reprodução/Bunker L479
O espaço dos quartos da hospedaria que foi bunker na Segunda Guerra Imagem: Reprodução/Bunker L479

Manuel Ausloos

da Reuters, em Saint-Pabu

24/08/2021 10h02

Um bunker construído por tropas alemãs no norte da França durante a Segunda Guerra Mundial foi reformado e redecorado como uma hospedaria subterrânea.

O litoral norte é repleto de fortificações abandonadas pelo Exército alemão, que ergueu o chamado Muro Atlântico para repelir as forças dos Aliados.

Em Saint-Pabu, no litoral bretão, bunkers de concreto estão parcialmente enterrados ao longo das praias de uma área usada no passado como uma estação de radar.

Serge Colliou comprou um lote de terra ao redor de um deles e passou 18 meses escavando e reformando a estrutura de 400 metros quadrados, transformando-a em um imóvel de aluguel para até oito pessoas que tem até bar e sala de estar.

"Adaptamos (o bunker), mas preservando um certo clima", contou Colliou.

"Queríamos dar uma nova vida ao edifício para não vivermos no passado para sempre. Mantivemos alguns aspectos, você sabe onde está, há pistas históricas, mas também não é um museu".

Entre os toques dos tempos de guerra do Bunker L479 estão capacetes, réplicas de armas e sinais nas paredes.

Tanto alemães quanto franceses já se hospedaram ali desde que ela abriu, um ano atrás, disse Colliou.

Alguns prefeitos tentam remover bunkers e outros resquícios do litoral por receio de ele representarem um perigo aos banhistas. Outros em Saint-Nazaire, La Rochelle, Brest e em outras áreas adotam medidas para reformar os locais históricos.