Melhor tiramisú do Brasil é 'amazônico' e vai para Copa do Mundo na Itália

Doce italiano por excelência, o tiramisú conta com uma legião de fãs aqui, do outro lado do Atlântico. Não por acaso, temos uma etapa Brasil da Copa do Mundo do doce, que aconteceu no último final de semana em São Paulo, que recebeu número recorde de inscrições.

Se no ano passado quem levantou a taça na finalíssima mundial - na Itália, claro - foi a brasileira Patrícia Guerra, em 2024 temos outro paulistano da gema para investir a torcida.

Número 1 tem toque amazônico

O gerente comercial paulistano Vanderlei Toniolo foi o grande vencedor com seu doce com toques amazônicos na categoria receita criativa, que permite o acréscimo de até três ingredientes além dos clássicos da receita.

Neste caso, a receita original (ovos, açúcar, mascarpone, biscoites de champanhe, café e cacau) ganhou sementes de cumaru (a baunilha da Amazônia) e entre as camadas, geleia de cupuaçu.

Vanderlei Toniolo, criador do tiramisú vencedor da etapa Brasil
Vanderlei Toniolo, criador do tiramisú vencedor da etapa Brasil Imagem: Maximo Failetti

Amo fazer doces. Conheci a Copa do Mundo, vendo notícias em sites que mostravam a Patrícia campeã, comentei com minha família e minha cunhada apareceu com a surpresa de ter me inscrito, conta.

No processo de elaboração da receita, pensou em acrescentar seu elogiado doce de abóbora e até geleia de jabuticaba, mas a ideia de um amigo mudou tudo e cupuaçu foi a escolha ideal.

"Não esperava ganhar. A gente que faz sobremesas para a família e amigos, não acredita às vezes que a gente é bom mesmo. E vi que sou", diz o também vencedor do prêmio surpresa da Melhor Apresentação.

Como vencedor da etapa brasileira da Copa do Mundo de Tiramisù, Vanderlei Toniolo já é um dos semifinalistas na etapa mundial, que ocorre em outubro deste ano, na cidade de Treviso, e tem como prêmio passagens aéreas e hospedagem na Itália.

Continua após a publicidade
Etapa Brasil da Copa do Mundo do Tiramisú
Etapa Brasil da Copa do Mundo do Tiramisú Imagem: Maximo Failetti

1 campeão, 4 semifinalistas

Apesar de ter um campeão geral da etapa brasileira, quatro brasileiros vencedores em categorias específicas estarão na final da Copa do Mundo na Itália e disputarão a semi com mais 240 pessoas de todas as nacionalidades.

São eles Vanderlei, Heloísa Favero, Fabiana Boreli e Mauro Kamiguchi.

A competição é realizada anualmente na Itália, esse ano será realizada entre os dias 10 e 13 de outubro, em Treviso. Serão escolhidos 240 concorrentes amadores do mundo todo, eles se enfrentarão nas categorias de receita original e receita criativa.

Desses 240, sete vão para as finais. Na Itália, são três dias de evento, primeiro dia com os semifinalistas da Itália e do mundo todo, e dois dias para as finais.

Continua após a publicidade

O evento no Brasil já foi responsável no ano passado por eleger a campeã nacional que representou o país e virou campeã mundial da Tiramisù World Cup 2023. Será que vai ser assim também esse ano? Tudo é possível, diz Francesco Redi, criador da TWC e diretor do Twissen Group.

Deixe seu comentário

Só para assinantes