Troca-troca de tapas: chefs de festival em SP elegem 'botecagens' favoritas

Tradição 'botequeira' espanhola, as tapas nada mais são que petiscos ideais para serem acompanhados com uma boa cerveja ou drinque. Em São Paulo, as modalidades de comidinhas são as mais variadas e, pela segunda vez, a cidade recebe um festival delas.

A seleção de casas está maior, mais variada e os chefs responsáveis pelas delícias disponíveis de 15 a 30 de junho não negam: adoram suas criações, mas não negam um bom petisco dos colegas presentes no evento, fora dele e até em outros países.

Veja as recomendações de sete deles:

De Primeira Botequim indica Bagaceira

Júlia Tricate e Gabriel Coelho, do De Primeira Botequim, e sua Lula à Dorê
Júlia Tricate e Gabriel Coelho, do De Primeira Botequim, e sua Lula à Dorê Imagem: Helena Rubano

Responsáveis pela tapa de lula à dorê, tomate frito, abacate e pó de pimentão, os chefs: Gabriel Coelho e Júlia Tricate adoram o bar descolado no centro de São Paulo.

O bolovo deles é um espetáculo, também servem um jiló com uma pegada asiática que somos malucos! Fora um monte de outras delícias, torresmo, coraçãozinho, coxinha e ainda acompanhados dos drinks do Thiago Pereira que fazem tudo ficar ainda mais gostoso. Somos fãs demais.

Jais Hand Made indica Nos.otros

Chef Egon Jais e seu trio de charcutaria
Chef Egon Jais e seu trio de charcutaria Imagem: Helena Rubano
Continua após a publicidade

O chef Egon Jais, que leva ao festival seu trio de charcutaria, não abre mão de umas boas horinhas no Nos.otros, bar de tapas em Pinheiros:

É um bar descontraído que sempre tem frutos do mar frescos e ótimas tapas. Os atendentes são super atenciosos e os drinks sempre gostosos. Lembra muito os bares de tapas de Barcelona.

La Peruana Cevicheria indica Siete Restaurantes

A chef Marisabel Woodman e sua Papa rellena
A chef Marisabel Woodman e sua Papa rellena Imagem: Helena Rubano

Responsável pela Papa rellena do festival, a chef Marisabel Woodman indica o local em Lima, no Peru.

Lá tem uma coquetelaria ótima e muitas opções de entradas, tapas peruanas, tiradito, crudos, moluscos na brasa, aleta de peixe... tudo em porções pequenas e cheias de sabor. O lugar é super aconchegante, paredes feitas de adobe e luz de velas. Amo, fica no bairro de Barranco, que é muito descolado e cheio de opções para depois seguir a noite numa baladinha.

Continua após a publicidade

Lardo Bar e Sebo indica Casa Camacho

Pedro Forato e sua croqueta de arroz, atum e lardo com queijos, kimchi e algas
Pedro Forato e sua croqueta de arroz, atum e lardo com queijos, kimchi e algas Imagem: Helena Rubano

Pedro Forato, chef do charmoso bar na Pompéia e criador da tapa croqueta de arroz, atum e lardo com queijos, kimchi e algas tem seu coração botqueiro cravado no estabelecimento em Madrid (Espanha).

Melhor bodega e melhores tapas! Uma bodega super simples, do cotidiano do povo madrilenho, que entrega tudo que eu procuro: uma boa bebida, uma boa comida com um bom preço. Eles têm uma sobrasada e uma bebida chamada yayos a base de vermute, gin e água com gás, incríveis."

Make Hommus. Not War indica Muutto Anatolian

O chef Fred Caffarena e seu Charuto Kuyruk
O chef Fred Caffarena e seu Charuto Kuyruk Imagem: Helena Rubano
Continua após a publicidade

Viajante apaixonado por comida do Oriente Médio, o chef Fred Caffarena, que leva ao festival o Charuto Kuyruk tem como favorito o restaurante em Istambul (Turquia).

Eles trabalham com o conceito de tapa/meze. Mezes, tradicionalmente, são as entradas frias. Algo como os acepipes e mesmo as tapas espanholas. Hoje, consistem em um sistema de vários pequenos pratos. A ideia é que vários mezes se somem na mesa e as pessoas compartilhem. Sendo quentes e frios. O Muutto é um ótimo exemplo dessa modernidade tão viva em Istambul. Conseguem apresentar o novo sem apagar o tradicional, mantendo a alma da cozinha da Anatólia (região central da Turquia).

Moela indica Kintaro

O chef Romulo Morente e seu pastel de morcilla com cebola tostada com conserva de cebola
O chef Romulo Morente e seu pastel de morcilla com cebola tostada com conserva de cebola Imagem: Helena Rubano

Para o festival, o chef Romulo Morente traz o pastel de morcilla com cebola tostada com conserva de cebola e suas tapas favoritas estão no restaurante em São Paulo.

Lugar simples, sem frescura, pra tomar cerveja e comer ótimos petiscos.

Continua após a publicidade

Virado indica Condarco

O chef Benê Souza e sua tostada de barriga de porco laqueada, picles de abacaxi e hortelã
O chef Benê Souza e sua tostada de barriga de porco laqueada, picles de abacaxi e hortelã Imagem: Helena Rubano

Criador da tostada de barriga de porco laqueada, picles de abacaxi e hortelã para o festival, o chef Benê Souza recomenda o achado em Buenos Aires (Argentina).

Com grande parte dos lugares na calçada, Condarco é um pequeno restaurante de esquina que serve bons pratos para compartir. Com várias opções vegetarianas, trabalha muito bem também com peixes e frutos do mar. Bons preços de vinhos e excelentes vermutes.

O Festival

Em 2024, o 2º Festival de Tapas São Paulo ocorre entre os dias 15/06 e 30/06, em homenagem ao Dia Mundial da Tapa, comemorado no dia 16/06. Tapas especiais inéditas serão oferecidas nos 25 bares e restaurantes participantes, casas selecionadas pela curadora, jornalista gastronômica e crítica Luiza Fecarotta.

Continua após a publicidade
Tapas do Virado
Tapas do Virado Imagem: Helena Rubano

Um júri de especialistas vai avaliar as receitas e, no dia 05/07, será anunciado o grande vencedor do concurso, que receberá uma passagem de ida e volta para a Espanha. Pela primeira vez, o evento terá também a possibilidade de voto pelo júri popular, com inscrições pelo site da Turespaña e a chance de concorrer a um jantar com acompanhante no restaurante eleito como melhor do festival.

A lista de confirmados reúne relevantes nomes da gastronomia paulistana: integram a segunda edição do evento Adega Santiago Asador, Arancino Bar, De Primeira Botequim, El Mercado Ibérico, Huevos de Oro Bar, Jais Hand Made, Jiquitaia, Koya 88, La Peruana Cevicheria, Lardo - Bar e Sebo, Make Hommus Not War, Mapu Baos e Comidinhas, Mescla, Metzi, Miya Wine Bar, Mocotó, Moela, Nit Bar de Tapas, Santana Bar, Tasca da Esquina, Temperani Cucina, Teus, TonTon, Torero Valese e Virado.

Serviço:
2º Festival de Tapas São Paulo
De 15 a 30 de junho de 2024
Instagram: @FestivalDeTapasSP
Realização - Escritório de Turismo da Espanha (Turespaña) - https://www.spain.info/pt_BR/festival-tapas-sao-paulo/

Deixe seu comentário

Só para assinantes